Tag: fe (Page 1 of 3)

Confiança permanente em Jesus

“Confie Nele (O SENHOR) em todos os momentos, ó CERV; derrame diante Dele o seu coração, pois Ele é o seu Refugio.” Sl 62.8

No recesso do feriado de Carnaval, os membros da Comunidade Evangélica Restaurando Vidas (CERV), participaram do Acampadentro. Este evento tem como propósito promover o crescimento e edificação dos irmãos por meio de uma programação composta por palestras, vigília, evangelismos e filmes.

O tema deste ano foi: “Confiança permanente em Jesus” e o versículo chave o de Salmos 62, verso 8 (descrito acima numa versão adaptada para a comunidade).

A seguir, estão disponíveis as 8 palestras realizadas nos dias 2, 3, 4 e 5 de março nos períodos da manhã e noite.

Ouça e seja edificado e transformado por meio da Palavra de Deus!


Terminando 2018 com Gratidão

A Família CERV se reuniu no último dia de 2018 para agradecer a Deus e celebrar o novo ano

Os irmãos da Comunidade Evangélica Restaurando Vidas (CERV) terminaram o ano de 2018 celebrando para Deus um culto de gratidão. A festa que se iniciou às 21 horas teve a participação de toda a membresia e também de vários convidados

Entre períodos de louvor e oração pela liderança e diretoria da igreja, todos puderam ouvir vários testemunhos de agradecimento ao Senhor e também de transformação de vidas.

Júlia Helen cantando a música “Aleluia”

Além dos testemunhos, houveram apresentações musicais conduzindo a igreja a uma verdadeira adoração a Deus, repleta de gratidão e da presença do Espírito Santo de Deus.

Antes da meia noite, os irmãos receberam o Projeto de Vida 2019 e uma carta especial da pastora presidente da igreja, Pra. Graça Pitzer. A seguir, leia um trecho da carta:

Deus tem falado muito comigo sobre confiança e que precisamos confiar mais Nele. Vamos busca-lo de todo o nosso coração e, então, O encontraremos. Assim, o amor para com Ele crescerá a cada dia e aprenderemos a confiar mais e mais nesta Pessoa maravilhosa que é o Senhor Jesus. Está escrito que o Senhor está sempre conosco e não nos abandona. “Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam (Sl 9.10).

Veja AQUI as fotos do Ano Novo

Para encerrar a celebração de gratidão por 2018, foi realizada a Santa Ceia do Senhor e um período de adoração a Jesus! Quando o relógio marcou meia noite todos os estavam de joelhos, dedicando 2019 a Deus!

Após o culto, todos foram convidados a participar de uma deliciosa ceia preparada por todos os membros da família CERV, e desfrutar de um momento precioso de comunhão.

Comunicação CERV

Ousadia e esperança

A nação brasileira clama por transformação, e o povo de Deus tem a resposta a esse clamor: Jesus. Mas para levar Jesus a todos é necessário ter ousadia e esperança.

Ousadia para não se acovardar perante os desafios e lutas e esperança para perseverar e semeá-la no coração do homem.

Pra. Gorete da Jocum

Para isso é necessário que igreja seja cheia do Espírito Santo, pois é Ele que concede coragem para pregar e derrama nos corações a esperança.

Para tanto, a igreja não pode se acomodar, precisa sair do lugar de comodismo e colocar a mão no arado.

Isso significa ir até as pessoas que se encontram perdidas nos vícios e pecados e testemunhar do amor de Cristo.

Há quanto tempo você conhece Jesus? Para quantas pessoas você já contou a respeito do que Ele fez pela sua vida?

Vidas que estão ao seu redor estão clamando, a sua maneira, por esperança, por uma razão para viver.

Entretanto, o silêncio dos escolhidos de Deus (será o seu caso?) tem falado mais alto que o Evangelho.

A Palavra de Deus ela é o próprio Jesus, é vida para quem o conhece e o Corpo de Cristo é o meio pelo qual as pessoas vão conhecer o Filho de Deus.

Você tem pregado com ousadia e esperança a Palavra de Deus?

Nossa sociedade necessita que os filhos de Deus manifestem obras de justiça demonstrando o amor de Jesus!

Entretanto, muitos têm abandonado o Senhor ou permanecido, mas deixando o chamado de lado por outras razões.

Por isso, é importante que a igreja desperte e viva o chamado, o IDE, com ousadia e esperança, pois as almas estão clamando por salvação!

Nosso país é um exemplo de local onde há povos que clamam por salvação, por mudança, por esperança.

No nordeste, nas cidades ribeirinhas, nas tribos indígenas, nas escolas, nas universidades, enfim em muitos outros lugares há pessoa que precisam de Jesus.

E o que você está fazendo para que esses públicos conheçam Jesus?

O Senhor está a procura de pessoas que o amem de todo o coração e que declarem: Eis-me aqui, Senhor, envia-me

Igreja intercedendo pelo Brasil

A pessoas prontas para receber a Palavra e você está pronto para ser aquele que as pregará?

Pare, hoje, e reflita no que tem feito pelas almas e o que você pode e deve fazer!

Lembre-se que você é fruto de missões e que foi alcançado porque alguém respondeu ao chamado de pregar o Evangelho.

Ouça a mensagem Ousadia e esperança:

 

Comunicação CERV

Calçado com o Evangelho

Calçado com o Evangelho é a forma como os filhos de Deus devem andar nesta terra.

Esse novo calçado, do Evangelho da paz, deve ser usado diariamente por aqueles que nasceram de novo em Cristo.

Uma vez que nasceu de novo, automaticamente, o filho de Deus é convocado para o Seu exército.

E esse exército trabalha em prol do Reino de Deus, anunciando o Evangelho de Cristo e alistando novos soldados.

Entretanto, para trabalhar para o Senhor, é necessário permanecer firme nos princípios imutáveis da Palavra de Deus.

Saiba como morrer para este mundo e viver para Deus

Isso significa não olhar para trás, não retornar para a velha vida, antes de Cristo, e buscar a obediência e a santidade.

Observe o que o apóstolo Paulo escreveu a respeito do calçado do Evangelho da Paz e sobre permanecer firme:

“Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir ao dia mau, e havendo feito tudo, ficar firmes.

Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;

E calçados os pés na preparação do Evangelho da paz

Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.

Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;

Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos […]” Ef 6.13-18

Portanto, como Paulo escreveu, para permanecer firme é preciso se apegar a Palavra de Deus.

Estar firme na fé em Cristo significa permanecer em oração e em guerra contra o Império das Trevas.

Entenda como retornar aos princípios do Evangelho

Quem permanece firme na oração, Palavra, jejum e sobretudo vigiando mantém-se calçado com o Evangelho.

Entretanto muito estão ficando descalços!

Porque, embora estejam dentro da igreja, estão negligenciando as práticas citadas no parágrafo anterior.

Muitos têm substituído a comunhão com Deus pela comunhão com as redes sociais, vendo e conversando o que é abominável para o Senhor.

E um dos itens mais procurados na Internet e que Deus detesta é a pornografia.

Jovens, homens e mulheres passam horas do seu dia acessando fotos e filmes pornográficos, trazendo destruição espiritual para si e aos que estão ao seu redor.

Trocam um relacionamento verdadeiro e prazeroso com Deus para se relacionar com Satanás por meio da pornografia.

Se você tem trocado o Evangelho por práticas pecaminosas, não necessariamente a Internet, mas outros pecados, hoje você pode ser livre.

Ouça a mensagem a seguir até o fim e receba uma oração para ser liberto e calçar novamente os calçados do Evangelho.

 

Ouça a mensagem Calçado com o Evangelho:

 

Comunicação CERV

Como evangelizar uma pessoa?

Como evangelizar uma pessoa? Qual seria a melhor maneira de compartilhar sobre Cristo e seu Evangelho?

Muitos evangélicos levantam esses questionamentos quando são convidados a participar de evangelismo ou ações evangelísticas da igreja.

 

Por isso, para sanar suas dúvidas a respeito de como evangelizar uma pessoa, buscamos na Palavra de Deus a resposta.

 

 

Contudo, é importante entender algo fundamental:

valor desta missão

 

Jesus disse: “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.” (Mc 16.15,16).

Afinal, para quem Jesus disse isso? Para os discípulos de ontem, para os discípulos de hoje (você) e para os discípulos de amanhã.

A ordem de IR é para todas as pessoas que foram salvas por meio de Jesus e fazem parte do Seu Corpo, a igreja.

Portanto, evangelizar é uma missão deixada por Cristo a todos os filhos de Deus e não fazê-la é negligenciar, desobedecer a uma ordem divina.

E para quem devo pregar? Para todas as pessoas, não importa classe, raça, credo ou língua. Todos devem conhecer o Evangelho do Senhor.

Agora que você já compreende o valor desta missão, vamos a pergunta que originou este texto:

Como evangelizar uma pessoa?

Enumeramos quatro pontos, baseados na bíblia, para o leitor compreender como evangelizar uma pessoa:

1) Apresentando a ela a pessoa do Senhor Jesus
As pessoas precisam entender quem é Jesus, de onde veio e qual o propósito da sua vinda.
A Bíblia afirma que:
Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho Unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.
Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele” (Jo 3.16 e 17).
Deus demonstrou seu amor ao ser humano, criado por Ele, ao enviar Jesus para morrer na cruz.
Jesus obedeceu ao chamado Deus, deixando sua glória como Deus e se tornando homem para salvar os homens.
Mas salvar os homens de quê? Aqui entra o segundo passo:
2) Mostrando que todos estão no pecado e precisam de Jesus

“Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus.” (Romanos 3.23).

Todos os seres humanos escolheram pecar, todos têm sua responsabilidade pessoal e individual em relação ao pecado.

O pecado é a transgressão da Lei de Deus é viver segundo a sua própria vontade ignorando o Senhor e os seus mandamentos.

Pecado é tudo que não agrada a Deus, pode-se enumerar alguns, lembrando que não existe pecado maior ou menor, tudo é pecado aos olhos do Senhor.

Pecado é mentir, adulterar, pensar o que é mau, desejo de vingança, ódio, raiva, mágoa, vícios, dentre outros.

E são esses pecados que separam o ser humano de Deus, que o impedem de ter plena comunhão com o criador.

Entenda sobre o tempo de evangelizar

Mas como sair da condição de pecador para não pecador? A resposta vem no tópico a seguir:

3) Sendo aceito por Cristo por meio do seu sacrifício salvífico

“Sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus” (Romanos 3.24).

O ser humano recebe perdão em Cristo ao crer que seu sacrifício na cruz foi realizado em seu favor, para livrá-lo do pecado e da condenação a morte.

Esse sacrifício, é gratuito, ninguém precisa pagar, pois Jesus já pagou tudo em sua morte.

A salvação é graça, favor de Deus a todos, ainda que ninguém mereça!

Esse é o verdadeiro amor de Deus!

Mas como ter acesso a essa graça? Como ser aceito por Cristo?

4) Arrependendo-se e confessando JESUS COMO SENHOR
“Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo.
Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação.
Como diz a Escritura: “Todo o que nele confia jamais será envergonhado.” (Rm 10.9-11).
A Bíblia também afirma que sem arrependimento não há perdão de pecados.
Por isso, a pessoa  deve reconhecer seus pecados e pedir que Jesus a perdoe e limpe seu coração de todo o mal.
Além disso é importante declarar com palavras e fé que Jesus é o Filho de Deus.
Que Jesus é o Filho de Deus que tira, perdoa os pecados e concede nova vida!
E, por meio de Jesus, a pessoa deixa de ser criatura e passa a ser filha de Deus, reconciliada com o Pai por meio do Filho.

É importante lembrar que evangelizar não é obra humana

 

O filhos de Deus são usados por Ele como o meio de alcançar vidas, mas a glória não é do homem e o poder não é do homem, mas sempre do Senhor!
Por isso é importante lembrar o que Jesus disse aos seus discípulos em Atos:
“Não saiam de Jerusalém, mas esperem pela promessa de meu Pai, da qual lhes falei.
Pois João batizou com água, mas dentro de poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo” (At 1.4,5).
É importante ser cheio do Espírito Santo, pois foi após os discípulos serem revestidos de poder é que puderam ser testemunhas e pregar o Evangelho.
E é o Espírito Santo que convence o homem!
“Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (Jo 16.8).
Além disso, a oração não pode faltar!
Ore, ore e ore.
Antes, durante e depois do evangelismo, pois a oração alcança lugares que nossas palavras não alcançam.
Portanto, você que chegou até aqui querendo saber como evangelizar uma pessoa, leia e releia os tópicos aqui abordados.
Medite nos versículos e principalmente tenha uma vida cheia do Espírito Santo, uma vida de oração.
 SAIBA mais sobre Como evangelizar uma pessoa. Fale conosco:

contato@restaurandovidascerv.com.br ou (31) 345-5956/ 35041341/99309-6957

Comunicação CERV

Ganhando almas pela dor

Ganhando almas pela dor, assim tem sido a vida de muitos missionários espalhados sobre a Terra.

 

Debaixo de perseguição, sofrimento, perdas, escassez, muitos irmãos têm pregado o Evangelho por amor a Cristo e as almas.

 

 

 

Esses irmãos deixam tudo para cumprir a vontade do Senhor Jesus: Ir por todo o mundo e pregar o Evangelho.

 

 

 

Em Atos, capítulo 16, versos 16 ao 40, nos é apresentado o testemunho de Paulo e Silas.

 

Esses dois homens eram servos do Senhor e por pregarem o Evangelho, passaram por muitas dores, vejamos a seguir:

 

“Certo dia, indo nós para o lugar de oração, encontramos uma escrava que tinha um espírito pelo qual predizia o futuro. Ela ganhava muito dinheiro para os seus senhores com adivinhações.
Essa moça seguia a Paulo e a nós, gritando: “Estes homens são servos do Deus Altíssimo e lhes anunciam o caminho da salvação”.
Ela continuou fazendo isso por muitos dias. Finalmente, Paulo ficou indignado, voltou-se e disse ao espírito: “Em nome de Jesus Cristo eu lhe ordeno que saia dela! “
No mesmo instante o espírito a deixou.
Percebendo que a sua esperança de lucro tinha se acabado, os donos da escrava agarraram Paulo e Silas e os arrastaram para a praça principal, diante das autoridades.
E, levando-os aos magistrados, disseram: “Estes homens são judeus e estão perturbando a nossa cidade, propagando costumes que a nós, romanos, não é permitido aceitar nem praticar”.
A multidão ajuntou-se contra Paulo e Silas, e os magistrados ordenaram que se lhes tirassem as roupas e fossem açoitados.
Depois de serem severamente açoitados, foram lançados na prisão. O carcereiro recebeu instrução para vigiá-los com cuidado.
Tendo recebido tais ordens, ele os lançou no cárcere interior e lhes prendeu os pés no tronco.
Por volta da meia-noite, Paulo e Silas estavam orando e cantando hinos a Deus; os outros presos os ouviam.
De repente, houve um terremoto tão violento que os alicerces da prisão foram abalados. Imediatamente todas as portas se abriram, e as correntes de todos se soltaram.
O carcereiro acordou e, vendo abertas as portas da prisão, desembainhou sua espada para se matar, porque pensava que os presos tivessem fugido.
Mas Paulo gritou: “Não faça isso! Estamos todos aqui! “
O carcereiro pediu luz, entrou correndo e, trêmulo, prostrou-se diante de Paulo e Silas.
Então levou-os para fora e perguntou: “Senhores, que devo fazer para ser salvo? “
Eles responderam: “Creia no Senhor Jesus, e serão salvos, você e os de sua casa”.
E pregaram a palavra de Deus, a ele e a todos os de sua casa.
Naquela mesma hora da noite o carcereiro lavou as feridas deles; em seguida, ele e todos os seus foram batizados.
Então os levou para a sua casa, serviu-lhes uma refeição e com todos os de sua casa alegrou-se muito por haver crido em Deus.
Quando amanheceu, os magistrados mandaram os seus soldados ao carcereiro com esta ordem: “Solte estes homens”.
O carcereiro disse a Paulo: “Os magistrados deram ordens para que você e Silas sejam libertados. Agora podem sair. Vão em paz”.
Mas Paulo disse aos soldados: “Sendo nós cidadãos romanos, eles nos açoitaram publicamente sem processo formal e nos lançaram na prisão. E agora querem livrar-se de nós secretamente? Não! Venham eles mesmos e nos libertem”.
Os soldados relataram isso aos magistrados, os quais, ouvindo que Paulo e Silas eram romanos, ficaram atemorizados.
Vieram para se desculpar diante deles e, conduzindo-os para fora da prisão, pediram-lhes que saíssem da cidade.
Depois de saírem da prisão, Paulo e Silas foram à casa de Lídia, onde se encontraram com os irmãos e os encorajaram. E então partiram”.
Paulo e Silas, nesse relato bíblico, estavam ganhando almas pela dor, dor física, que lhes deram uma família para Cristo.
Mesmo em meio a dor, Deus tinha um propósito: salvar uma família.
Porém, Ele precisava de pessoas com um coração missionário, dedicado ao IDE, com amor e por amor.
Será que seu coração está amando Deus e as almas? O que tem feito para levar Jesus a outras pessoas?
Ouça a mensagem ‘Ganhando almas pela dor’ e pense se você tem pregado o evangelho:

 

 

Comunicação CERV

Quebrando as maldições na família

A campanha “Quebrando as maldições na família” inicia-se hoje. Serão 30 dias de jejum, oração, estudo da Palavra e encontros para oração aos sábados, na CERV.

Para participar é necessário escrever numa folha quais comportamentos, enfermidades, sentimentos que você percebe se repetir na sua família.

 

Por exemplo, doenças que acometeram avós, pais e filhos. Histórico de divórcio, violência, atitudes de ira, mágoa, ódio, dentre outros.

 

Além do que é notório é fundamental orar e pedir ao Espírito Santo que revele outras maldições que estejam encobertas para que sejam quebradas.

 

Saiba mais sobre este assunto

 

É importante também orar e definir, individualmente, por quantas horas realizará o seu jejum (abstenção total de alimentos).

 

Lembrando que, o jejum não é opcional e deve ser feito durante toda a campanha.

 

E junto a essa disciplina espiritual deve-se orar pelo período de 1 hora (quando e onde também fica entre você e Deus) e estudar a Bíblia.

 

Neste mês, os livros que serão estudados pelos membros da CERV  são: Jó, a partir do capítulo 31 e Amós.

 

E para finalizar, todos os sábados do mês (ao todo cinco), haverá uma reunião, ás 19 horas, no Templo.

Nesse reunião os pedidos são ungidos e recebem oração para serem canceladas as maldições familiares.

 

Apenas no último sábado que esse encontro é realizado no monte, para encerrar a campanha.

 

Entenda o que você pode fazer para mudar a sua família

 

Somado a isso é importante entrar na campanha de todo o coração e com fé, vigiando a todo momento.

 

Não desanime, persevere e não deixe de orar, jejuar, ler a Bíblia e estar aos sábados na igreja. Jesus quer entrar na sua casa e realizar maravilhas!

 

A campanha Quebrando as maldições na família é realizada há mais de 10 anos na CERV e tem libertado e restaurado muitas vidas e famílias.

 

Saiba mais sobre a campanha ‘Quebrando as maldições na família’, ligue: (31) 3451-5956.

 

Comunicação CERV

Perseverança para 2018

Perseverança para 2018 nos propõe uma reflexão bíblica de como podemos permanecer crendo no Senhor e nas suas promessas para o novo ano!

Talvez você esteja frustrado por achar que Deus está demorando em responder à sua oração, mas saiba que Ele está interessado no desenvolvimento da fé e da perseverança de seu caráter.

Veja a passagem de Romanos 15.4:

Pois tudo o que foi escrito no passado foi escrito para nos ensinar, de forma que, por meio da perseverança e do bom ânimo procedentes das Escrituras, mantenhamos a nossa esperança

Nossa esperança em Jesus não pode estar limitada ao aqui e agora, pois, se o nosso foco de esperança se limita apenas ao que vemos aqui, ou naquilo que podemos colocar em nosso bolso, como diz a Palavra, somos os mais infelizes de todos os homens.

Este ano foi um ano difícil para o Brasil, um tempo de crise, desemprego, as notícias não são boas; por isso precisamos focar na esperança de que tudo será diferente e melhor no novo ano.

Saiba como buscar um ano realmente novo

A Bíblia é o livro da esperança, é a fonte da esperança. Já o nosso maior inimigo é a ignorância, tanto que a Escritura registra:

O meu povo está sendo destruído porque lhe falta o conhecimento (Oseias 4.6).

E a falta desse conhecimento pode ser também o da esperança. A Bíblia é a Palavra do Senhor, e a Palavra do Senhor se resume em esperança.

Entenda o valor inestimável das Sagradas Escrituras

Fé e esperança têm que ter o mesmo peso, porque é a esperança que alimenta a fé.

Do momento da promessa ao tempo do cumprimento da promessa precisamos ter perseverança e encher o coração de esperança.

A perseverança está diretamente ligada à força que somos capazes de alcançar quando temos raízes consolidadas na Palavra.

Quando somos cristãos que realmente disseminam as boas novas do Evangelho, com testemunho singelo, regado de amor, não abalados facilmente, mas produzindo frutos para a eternidade.

Dessa forma alcançaremos, juntos, de joelhos no chão, um 2018 cheio de esperança e fé.

“Sede fortes, e revigore-se o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor” (Salmo 31.24).

Pr. Márcio Valadão

Saiba mais sobre ‘Perseverança para 2018’ participe do nosso primeiro culto de 2018. A celebração acontecerá na terça, às 19:30, na CERV (fica à Rua Érico Veríssimo, 1167- Santa Mônica). Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

A graça e a estação

A Graça e a estação. São duas palavras diferentes, mas que fazem parte da vida de todo filho de Deus.

A graça ela vem da parte do próprio Senhor, é um favor, um presente que o ser humano não merece.

Entretanto, mesmo não merecendo o Deus concede esse presente.

Na vida há várias situações nas quais a pessoa pede a Deus respostas e muitas vezes elas não chegam.

O apóstolo Paulo experimentou isso e como resposta ouviu do Senhor: “A minha graça te basta”

Paulo tinha um espinho na carne e clamou para que fosse retirado, mas recebeu de Deus graça.

Por meio deste exemplo podemos compreender algo: o mais importante em nossa vida é a graça de Deus.

Por isso, faz-se necessário que, diariamente clamemos pela graça do Senhor.

Na Palavra há homens de Deus que receberam do Pai graça: Moisés, Daniel, José, dentre outros.

Saiba como conquistar a sua vitória em Cristo Jesus

Então, ore pedindo a graça do Pai, pois por meio desta graça concedida o nome do Senhor seja honrado por meio da nossa vida.

É importante enxergar a graça em tudo, na vida espiritual, emocional, familiar, financeira, no físico, dentre outras.

Já a estação, tem relação com o tempo no qual as promessas de Deus se cumprem na vida do filho de Deus.

Há muitas orações que ainda não foram respondidas porque ainda não chegou a estação certa, não chegou o tempo.

Um bom exemplo disso é o ministério do Senhor Jesus.

Antes de nascer Maria ouviu do Anjo que estava grávida do Filho de Deus e que Ele faria grandes obras em nome do Pai.

Entretanto, Maria só viu a concretização desta promessa quando Jesus atingiu a idade de 30 anos.

A partir disso é possível compreender que há tempo para certas experiências.Existe um tempo e uma estação própria para que as coisas aconteçam em nossa vida.

existe um tempo para termos experiências e cumprirmos os propósitos de Deus em nossa vida.

Há uma estação para todas as coisas que Deus planejou na sua vida, portanto seja paciente e aguarde por Ele!

Se você tem vivido em obediência a Palavra e buscado a Deus de todo o seu coração, creia que a estação da bênção e da cura chegará!

Talvez há algo na sua vida que você sabe que depende exclusivamente de um milagre.

Então, não deixe de crer continue, pois Deus tem uma estação especial para este milagre chegar!

 

Não desista!

Persevere na oração e creia no poder de Deus, poder que se manifesta por meio da Palavra falada e destrói as obras do Diabo feitas contra a sua vida!

Jesus é o mesmo que opera ontem, hoje e eternamente. Portanto, não seja incrédulo para que as promessa de Deus se cumpram em sua vida!

Ouça esta mensagem e permita que Deus encha seu coração de fé e esperança:

Aprenda mais sobra A graça e a estação, participe do Culto das Causas Impossíveis, às sextas, às 19h30, na CERV. Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

 

Simplesmente obedeça

​A fé não é cega, pois está edificada sobre Deus. Por isso, a fé não discute, apenas obedece. Abraão foi chamado o pai da fé e ele demonstrou essa verdade em sua vida. A fé em Deus é provada pela obediência.

Não somos o que falamos nem o que sentimos. Somos o que fazemos.

Destacaremos, aqui, três episódios na vida de Abraão:

​Em primeiro lugar, Abraão sai de sua terra para ir para uma terra que Deus lhe mostraria. Abraão não discutiu com Deus, não avaliou os riscos nem adiou a decisão. Simplesmente obedeceu.

Tinha setenta e cinco anos, quando começou uma nova empreitada em sua vida, movido pela fé. Precisava romper laços, deixar para trás sua terra, seu povo, sua cultura, sua religião.

Movido, entretanto, pela confiança em Deus, obedece sem tardança, para formar uma nação e ser o pai de uma grande multidão. A fé é certeza e convicção.

Não está edificada sobre sentimentos, mas sobre a maior de todas as realidades, o caráter de Deus.

Você tem obedecido a Deus? Tem andado pela fé? Tem descansado no cuidado divino?

Onde está sua segurança: em sua nação, em sua família, em sua cultura, em seus bens? Ponha seus olhos em Deus e viva pela fé!

Saiba como obedecer a Deus totalmente

​Em segundo lugar, Abraão, sendo o líder da família, dá a Ló a liberdade de escolha. Houve um conflito entre os pastores de Abraão e os pastores de Ló. Não podiam viver em harmonia mais.

Abraão poderia ter despedido Ló, mas deu a ele a liberdade de escolher para onde queria ir. Ló escolheu as campinas verdejantes e deixou para Abraão os lugares secos.

A confiança de Abraão não estava na geografia de suas terras, mas em Deus. Não confiava na provisão, mas no provedor.

Não tinha seus olhos postos nos campos da terra, mas no Senhor do céu. Foi nesse momento que Deus prometeu dar a ele tudo quanto podia avistar no Norte e no Sul, no Leste e no Oeste.

Mais tarde, Ló foi capturado e levado cativo pelos reis daquela terra e Abraão não hesitou em sair em sua defesa.

Enfrentou riscos para salvar seu sobrinho e sua família. Obteve retumbante vitória. Foi-lhe oferecido despojos, mas Abraão recusou.

Ele não queria nenhuma riqueza que não viesse das mãos do próprio Deus. Seus olhos não estavam na recompensa dos homens, mas na dádiva de Deus. Coisas materiais não seduziam o coração deste homem, cujo coração estava em Deus.

​Em terceiro lugar, Abraão atende a voz de Deus e oferece a ele seu filho amado. Abraão abriu mão de sua terra, de seus bens e agora, abre mão de seu filho Isaque.

Deus ordena Abraão a ir ao monte Moriá, para ali oferecer Isaque em holocausto. Abraão não argumenta com Deus nem adia a viagem de três dias rumo ao monte do sacrifício.

Aquele supremo sacrifício era para o pai da fé um ato de adoração. Havia no seu coração a plena convicção de que Deus providenciaria um cordeiro para o sacrifício.

Acreditava até mesmo que Deus poderia ressuscitar seu filho. Sua fé não é vacilante. Sua confiança é inabalável. Seus olhos não estão nas circunstâncias nem depende de seus sentimentos.

Abraão tem seus olhos em Deus e vive pela fé. Renuncia tudo por Deus. Entrega tudo a Deus. Confia plenamente em Deus.

Então, Deus poupa seu filho, providencia um substituto para o holocausto e amplia ainda mais suas promessas e bênçãos a esse veterano da fé.

Saiba como obedecer a Deus totalmente

Oh, que Deus nos faça conhece-lo na intimidade! Que Deus nos capacite a viver nessa absoluta dependência!

Que tenhamos total desapego das coisas para dependermos plenamente de Deus!

Que tenhamos a coragem de entregar tudo a Deus, inclusive nossa vida, nossos bens, nossa família, nossos filhos, nosso futuro.

Deus jamais desampara aqueles que nele esperam. Ele jamais fica em dívida com aqueles que nele confiam. Em Deus podemos confiar!

Rev. Hernandes Dias Lopes

Aprenda mais sobre o tema Simplesmente Obedeça, participe do Culto da Restauração, hoje, às 19:30, na CERV.
Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

Page 1 of 3

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén