Tag: família de Deus

Amor sacrificial

O Amor sacrificial é aquele que nega a si mesmo, as suas vontades e privilégios em favor daqueles que ama.

 

 

 

Uma pessoa só consegue amar dessa forma se tiver morrido para si mesma e nascido para uma nova vida, que anda no Espírito e não na carne.

 

 

 

Quem anda no espírito, ama a Deus, a si mesmo e ao próximo, por meio do amor do próprio Senhor, derramado pelo Espírito Santo (Rm 5.5).

 

Entenda a importância da vida espiritual da família

 

 

Aquele que verdadeiramente ama, é uma nova vida, e como afirma 1 João, capítulo 2, versos 10 e 11, anda na luz:

 

 

Quem ama seu irmão permanece na luz, e nele não há causa de tropeço.
Mas quem odeia seu irmão está nas trevas e anda nas trevas; não sabe para onde vai, porque as trevas o cegara

 

 

 A família que não estiver baseada no “andar na luz”, com atitudes que podem ser vistas de dia, está em trevas. E isso não é de Deus.

 

 

Logo, o amor não é o alicerce dessa família que está fadada a ser destruída por Satanás.

 

Satanás, só pode tocar na família, porque as pessoas estão andando na carne, pecando, e dando lugar para Ele.
Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? (1 Co 3.3)

 

 

Aprenda como seguir jesus cristo juntos, em família

 

A solução para esse problema é o amor: amar a Deus sobre todas as coisas. Quem ama, obedece e se santifica.

 

 

 

Quem ama, tem prazer de: orar, jejuar, estudar a Bíblia, estar na igreja e ter comunhão com a família.

 

 

 

 

O amor sacrificial transforma a vida de quem ama e de quem é amado

 

Isso acontece porque Deus se torna o centro da vida individual e familiar proporcionando a verdadeira alegria.

 

 

O amor sacrificial na família também serve de testemunho para outras famílias que precisam ser transformadas.

 

 

Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos (1Jo 3.16)

 

Será que você tem amado a Deus? a si mesmo?  a sua família?

 

Tem se dedicado em amar sua esposa (o), seus filhos, pais, assim como Jesus amou ao dar sua vida na cruz?

 

Se assim não tem sido, você não tem amado a Deus, pois se estivesse o amando, estaria amando aos seus!

Ouça a mensagem ‘Amor sacrificial’ e seja transformado (a) pela Palavra de Deus:

 

 

Comunicação CERV

Parabéns, tia Quita

A manhã deste domingo foi de festa na Comunidade Evangélica Restaurando Vidas, pois celebrou-se os 80 anos da obreira Quita

Comunidade reunida para celebração dos 80 anos da tia Quita

A manhã de hoje foi especial na CERV! Após a Escola Bíblica Dominical, todos se reuniram no templo para celebrar o aniversário da obreira Quita, carinhosamente chamada por todos de “Tia Quita”.

Crianças, adolescentes, jovens, mulheres e homens, cada grupo prestou uma homenagem especial.

Além desses grupos a missionária Nágila Araújo fez um especial cantando o louvor “Quem me vê cantando”.

E, finalizando as homenagens, a pastora Graça Pitzer fez a leitura do texto “Preciosas mãos”, em nome da Comunidade, dela e da sua família.

Emocionada, tia Quita agradeceu aos irmãos todas as palavras e presentes recebidos:

“Se antes eu já orava por vocês agora tenho que orar o dobro! Muito obrigada, eu não mereço tudo isso, Jesus é que merece”, disse tia Quita.

A manhã encerrou-se com uma oração especial pela aniversariante!

Parabéns, tia Quita! Toda a CERV agradece ao Senhor pela sua vida!

A seguir, leia o texto escrito especialmente para a amada irmã tia Quita:

Preciosas mãos

A homenageada da manhã: Tia Quita

Seria possível contar nos dedos das mãos o tempo que ela caminha entre nós?

Duas mãos não conseguiriam, mas podem nos contar muito sobre seus 80 anos de vida.

Elas contam um pouco da sua história, que também é parte da nossa.

Afinal, há 13 anos suas mãos servem conosco.

Seja cozinhando as mais variadas receitas ou na arte de preparar o sabão que traz brilho aos utensílios de nossas cozinhas.

Elas trabalham em benefício do Reino e desta igreja.

Diariamente suas mãos nos afagam de um jeito especial.

Estendidas nos tocam com amor, pois constantemente intercedem por nós perante o Salvador.

Ora servem de instrumento para um telefonema.

Seja no aniversário, para se alegrar conosco; seja para partilhar uma bênção ou, por zelo, porque soube que uma luta nos sobreveio.

Não para dizer palavras vãs e sim declarar: “Eu oro por você todos os dias, meu filho ou minha filha.”

De braços abertos recebe quem a visita e, porque não dizer, também com a mesa posta.

Afinal, ela pensa em tudo e ninguém pode sair da sua casa sem provar do que prepara com tanto amor.

E por falar em preparar… Ah se os missionários soubessem o tempo que suas mãos trabalham.

Elas não se cansam porque sabem que em setembro enviarão refrigério para aqueles que vivem a pregar o Evangelho.

Deus conhece bem estas mãos e a dona delas que há 35 anos caminha com Ele.

Sabe dos sonhos, de cada oração, de cada riso e de cada lágrima.

Está tudo registrado em suas mãos e nos odres das suas orações.

Ele sabe a hora certa de respondê-la. E quantas orações respondidas, hein Tia Quita?

Precisaríamos de 80 anos ou mais para contar os benefícios que Ele te faz.

Mas Ele também abençoou esta Comunidade ao colocá-la aqui para servir conosco até a eternidade.

E eu? O que mais eu poderia dizer? Afinal, são 35 anos que a conheço.

Ovelha fiel, tia e amiga. Quão grata sou pelo terno amor que tem pela minha família.

Sempre nos cobrindo com suas orações e, desde a infância dos meninos, os amando como verdadeiros sobrinhos.

Em muitas lutas e vitórias esteve presente.

Seu exemplo de dedicação ao Reino alegra o meu coração, pois aprendeu a importância de amar Missões.

Hoje, como Comunidade e também como sua pastora, quero honrá-la com a nossa gratidão.

Tê-la conosco é uma bênção! Ouvir seus testemunhos e ver seu esforço para participar dos cultos, da Escola Dominical e de tantas outras programações, é um vívido exemplo de amor ao Senhor.

Obrigada por ser nossa irmã e nossa querida tia Quita!

Que Deus a conceda muitos anos de vida e saúde para servir e caminhar conosco ombro a ombro, sempre na visão que o Espírito Santo tem dado à CERV!

Parabéns, tia Quita!

Amamos muito a senhora!

Veja as fotos desta manhã especial

Comunicação CERV

Conheça a nossa Comunidade, estamos localizados à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica- BH/MG.
Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para contato@restaurandovidascerv.com.br

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén