Tag: família (Página 1 de 2)

Seguindo Jesus Cristo juntos

Seguindo Jesus Cristo juntos convida  você a refletir sobre a importância da família seguir ao Senhor em comunhão.

Entretanto, o que pode se observar no meio cristão é a falta de unidade entre os membros da família.

Em João, capítulo 14, verso 6, Jesus afirma:

“Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém pode vir ao Pai senão por mim”

Jesus é o caminho no qual a família deve andar unida.

Se cada pessoa decidir andar em seus próprios caminhos e vontades, trará consequências ruins para o seio familiar.

A seguir, vejamos algumas atitudes de coração que devem fazer parte da família:

1) Fidelidade (Rt 1.16-18)

Rute, nora de Noemi, demonstrou fidelidade a sogra. Foi com ela morar em outro lugar e servir um Deus que ainda não conhecia.

Infelizmente, nas relações familiares (esposo e esposa, irmãos, pais e filhos) não há fidelidade.

Não há fidelidade a Deus e muitos menos as relações estabelecidas.

E essa fidelidade deve começar com o casal e depois com os filhos.

Saiba qual deve ser a base do seu casamento

2) Andar ombro a ombro (Êx 32.26-28)

Nesse texto apenas os levitas ficaram ao lado de Moisés e fizeram o que o Senhor ordenou.

Deus ofereceu oportunidade ao povo de obedecê-lo, mas apenas os levitas fizeram essa escolha.

Na família todos devem seguir na mesma direção, ter o mesmo pensamento e falar a mesma língua.

Porém, como muitos dos israelitas, na família há também aqueles membros que não querem seguir o caminho correto, mas fazem o que desejam.

E a partir dessa escolha dá-se inicio aos desentendimentos e as diferenças.

A família não é abençoada porque os membros não fazem o que é correto, andam segundo os propósitos da própria carne.

3) Andar na certeza da vitória da família (Jz 7.17 e 18)

Nessa referência bíblia é possível notar a certeza que o povo tinha na vitória, por isso seguiam a Gideão.

A vitória chega a família por meio da unidade entre os membros e a confiança de todos na vitória que Jesus concede aos obedientes.

A família só não é vitoriosa porque não permanece seguindo Jesus Cristo juntos.

4) A família precisa tomar decisões juntos (2 Sm 15.19-22)

Davi fugiu do filho para não ser morto.

E encontrou com um jovem e sua família que escolheram, juntos servir ao rei na batalha.

A decisão foi tomada por toda a família do moço. Eles fizeram uma escolha correta.

Raramente a família se reúne para resolver questões de relacionamento e até mesmo questões financeiras.

Cada um faz as suas escolhas sem consultar os outros.

A família precisa dialogar, entretanto, cada um vive no seu universo: seja no celular, na tv, dormindo ou na companhia de ímpios.

Por isso, há tantos problemas dentro do lar.

5) A família precisa perseverar (2 Rs 2. 1-6)

Eliseu perseverou em seguir Elias.

Infelizmente, nas famílias os homens não têm exercito o papel de sacerdote.

Não oram pelas esposas e muito menos pelos seus filhos. Delegam suas responsabilidades para as esposas.

Porém, o sacerdote e o cabeça do lar não é a mulher, mas o homem.

Mas, não é isso que tem se testemunhado nas famílias evangélicas.

Leia como o marido deve amar sua mulher

6) Confiança (At 12.8 e 9)

Pedro estava preso e a igreja orando pela sua libertação. Deus enviou um anjo em seu auxílio.

E Pedro seguiu exatamente cada instrução dada pelo anjo e conquistou a liberdade.

A falta de confiança tem acometido muitos casamentos.

E onde não há confiança, há desconfiança e isso tem destruído muitos matrimônios.

Com isso, surge a confusão, a degradação e a destruição dos relacionamentos no lar.

Se todos os membros da família dedicar-se em observar cada um dos pontos acima apresentados, com perseverança, verá a mudança que deseja ver no seu lar.

Portanto, examine seu coração e avalie se você tem sido o esposo ou a esposa ou o filho ou o pai ou a mãe que tem sido diligente na prática da Palavra de Deus.

Ouça a mensagem ‘Seguindo Jesus Cristo juntos’ e seja edificado pela Palavra de Deus:
Parte 1:
Parte 2:
Aprenda mais sobre o tema ‘Seguindo Jesus Cristo juntos’, participe do Culto da Família no dia 29 de abril, às 19 horas, na CERV.

Comunicação CERV

Amar a Deus: a base do casamento

Ouça a mensagem Amar a Deus: a base do casamento e tenha seu casamento transformado e edificado

Todo problema que acontece entre o casal, no matrimônio, ocorre pela ausência de algo fundamental no relacionamento: amar a Deus sobre todas as coisas.

Para compreender a importância de amar a Deus para o casamento vejamos o que Deus ordena em sua Palavra:

“Estes são os mandamentos, os decretos e os estatutos que o Senhor, seu Deus, me encarregou de lhes ensinar. Não deixem de cumpri-los na terra que em breve vocês possuirão.

Vocês, seus filhos e netos temerão o Senhor, seu Deus, enquanto viverem. Se obedecerem a todos os seus decretos e mandamentos, desfrutarão de vida longa.

Ouça com atenção, Israel, e tenha o cuidado de obedecer. Então tudo irá bem com vocês e terão muitos filhos na terra que produz leite e mel com fartura, exatamente como lhes prometeu o Senhor, o Deus de seus antepassados.

 “Ouça, ó Israel! O Senhor, nosso Deus, o Senhor é único!

Ame o Senhor, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua força.

Guarde sempre no coração as palavras que hoje eu lhe dou.

Repita-as com frequência a seus filhos. Converse a respeito delas quando estiver em casa e quando estiver caminhando, quando se deitar e quando se levantar.

Amarre-as às mãos e prenda-as à testa como lembrança.

Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões” (Dt 6.1-9)

O versículo cinco declara que os filhos de Deus devem amá-lo com todo seu coração, alma e força. Entretanto, não é isso que pode ser visto ao observar-se os problemas enfrentados no casamento.

A falta de amor a Deus acelera o processo do fim do casamento

Quando a pessoa escolhe não amar a Deus ela se torna egoísta. E o egoísta jamais amará a Deus. Mesmo que fale, suas atitudes demonstram o contrário.

E essa atitude prova que a Palavra de Deus não está guardada no mais profundo do coração da pessoa.

Triângulo perfeito: homem e mulher buscando Deus resultará em um casamento abençoado

Essa falta da presença de Deus no relacionamento é que resulta em graves problemas causando a dissolução do matrimônio.

Se Deus é que rege esse casamento, ainda que haja dificuldades, no Senhor conseguirão solucionar a situação.

Quando o casal não ama a Deus, não dando lugar no coração para a Palavra, surgem sentimentos malignos, tais como: desamor, falta de respeito, vingança, infidelidade, pirraça, ódio, dentre outros sentimentos terríveis.

E isso oferece a Satanás a oportunidade que Ele precisa para dominar e interferir na relação conjugal.

Saiba como salvar a sua família

Se não é Deus e nem as Suas Palavras que têm ocupado o coração e a mente do casal, com certeza são outras coisas.

Aí podem ser citadas: festas, amizades com pessoas que não temem ao Senhor, programas televisivos que não enriquecem a comunhão com Deus e um com o outro, e etc.

Logo, quem exerce influência e domínio no casamento é Satanás, não O Senhor.

Portanto é necessário que o casal mude começando por morrer para si mesmo e escolher a amar a Deus e a obedecê-lo.

Observe o que o apóstolo Paulo escreve ao marido e a esposa:

“Esposas, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor.

Pois o marido é o cabeça da esposa, como Cristo é o cabeça da igreja. Ele é o Salvador de seu corpo, a igreja.

Assim como a igreja se sujeita a Cristo, também vocês, esposas, devem se sujeitar em tudo a seu marido.

Maridos, ame cada um a sua esposa, como Cristo amou a igreja. Ele entregou a vida por ela,

a fim de torná-la santa, purificando-a ao lavá-la com água por meio da palavra” (Ef 5.22-26).

A mulher deve ser submissa ao marido, mas não ser feita de escrava, pelo contrário, ela é auxiliadora, não empregada.

Homem de verdade faz as mesmas atividades que a esposa dentro de casa.

E deve amar a esposa com o mesmo amor de Cristo.

Se cada um buscar com dedicação ser esse homem e essa mulher será um caminho excelente para o sucesso no casamento.

E que cada um possa, nessa busca de ser homem e a mulher que ama e agrada a Deus, zele pelo seu coração.

“Sobretudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” (Pv 4.23)

Aprenda a valorizar seu casamento

Não permita que o Inimigo semeie o mal e contendas um contra o outro, pois é isso que Satanás deseja.

“Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor;
planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.
Então me invocareis, e ireis e orareis a mim, e eu vos ouvirei.
Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.
E serei achado de vós, diz o Senhor” (Jr 29.11-14a)

Como casal, volte-se para o Senhor e abandone as coisas deste mundo e os seus deleites enganosos.

Foque seu coração em buscar o Reino de Deus, pois todas as demais coisas virá como acréscimo da parte do Senhor.

Não se esqueça:

Amar a Deus: a base do casamento

Construa seu casamento numa base sólida e essa base é Deus e a Sua Palavra!

Ouça a mensagem ‘Amar a Deus: a base do casamento’:
Parte1

 

Parte 2

 

 

Comunicação CERV

O culto doméstico

O culto doméstico é uma prática que tem sido negligenciada por muitas famílias evangélicas.

Porém, esta escolha vai contra a Palavra de Deus que afirma a importância dessa prática para as famílias.

Em 2 Timóteo, capítulo 3, dos versículos 14 ao 17, encontramos uma evidência de que o jovem pastor Timóteo recebeu em casa o ensino da Palavra:

“Você, porém, deve permanecer fiel àquilo que lhe foi ensinado. Sabe que é a verdade, pois conhece aqueles de quem aprendeu.

 Desde a infância lhe foram ensinadas as Sagradas Escrituras, que lhe deram sabedoria para receber a salvação que vem pela fé em Cristo Jesus.

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para nos ensinar o que é verdadeiro e para nos fazer perceber o que não está em ordem em nossa vida. Ela nos corrige quando erramos e nos ensina a fazer o que é certo.

Deus a usa para preparar e capacitar seu povo para toda boa obra”

A Palavra afirma que Timóteo, desde criança recebeu o ensino das Sagradas Escrituras da mãe e da avó.

E isto nos revela que o lar é o local onde a Palavra de Deus deve ser ensinada. E esse ensino acontece por meio do culto doméstico.

Porém, muitos não têm inserido essa prática espiritual em seus lares.

Alguns por não terem recebido este ensino e outros porque pensam que o culto deve ser celebrado apenas quando os filhos são pequenos.

Em Deuteronômio, capítulo 6, dos versículos 4 ao 7, Deus decreta uma ordem aos seus filhos:

“Ouça, ó Israel! O Senhor, nosso Deus, o Senhor é único.

Ame o Senhor, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua força.

Guarde sempre no coração as palavras que hoje eu lhe dou.

Repita-as com frequência a seus filhos. Converse a respeito delas quando estiver em casa e quando estiver caminhando, quando se deitar e quando se levantar.”

O culto doméstico está ficando extinto

Dentre estas ordens estava a de ensinar os filhos em casa sobre Deus e suas leis (Bíblia).

O lar é a primeira escola, o lugar onde a família tem os primeiros ensinos sobre a Palavra de Deus.

E é a presença desta Palavra, guardada e alimentada,  no coração, que gera vida para a família:

“Meu filho, preste atenção ao que digo; ouça bem minhas palavras.

Não as perca de vista; mantenha-as no fundo do coração.

Pois elas dão vida a quem as encontra e saúde a todo o corpo.

Acima de todas as coisas, guarde seu coração, pois ele dirige o rumo de sua vida” (Pv 4.20-23).

Seja jovens casais sem filhos, casais mais velhos que os filhos já não estão mais em casa ou famílias com jovens e adolescentes.

Não importa, todos devem realizar o culto doméstico para que a vida de Deus seja presente e a vida espiritual da família seja abençoada.

Portanto, se você não tem feito o culto doméstico, faça conserto com Deus e comece hoje mesmo a implantar essa adoração no seu lar.

Ouça a mensagem ‘O Culto Doméstico’ e permita que o Espírito Santo revele ao seu coração esta Palavra:

Comunicação CERV

O poder da escolha na família

O poder da escolha na família trata sobre a importância das escolhas corretas para o sucesso das relações no seio familiar.

A Bíblia relata que Adão e Eva, primeiro casal criado por Deus, receberam do Senhor o poder da escolha.

No capítulo 2 de Gênesis, Deus concede a Adão e Eva o direito de desfrutar de todas as árvores do jardim.

A única árvore proibida era a árvore do fruto do Bem e do Mal. Junto a proibição Deus apresenta a punição, caso escolhessem desobedecer.

Aprenda sobre a importância da obediência para a sua família

O casal era conhecedor da verdade, porém, a invigilância de ambos trouxe um sério problema para a família.

Eva foi a primeira a ser enganada. Seu primeiro erro foi estabelecer diálogo com a serpente.

Como conhecedora de toda a criação de Deus a mulher deveria saber que serpentes não falam.

Naquele momento Eva não teve discernimento espiritual para entender que quem falava com ela era Satanás.

Muitas vezes o Inimigo usa a vida de um dos membros da família para tentar causar situações de conflito.

Por isso, é necessário que todos busquem estar vigilantes e orem por discernimento para não caírem na cilada de Satanás.

Além de conversar com o Diabo, Eva cometeu outro erro: transmitir ao Inimigo palavras que Deus havia dito apenas a ela e ao seu esposo.

A partir dessas brechas a serpente pode começar a lançar dúvidas no coração de Eva quanto a Palavra de Deus.

E o poder de escolha na família tem peso maior a partir desse diálogo.

A dúvida é lançada e entre a Palavra de Deus e a de Satanás, Eva escolhe dar ouvidos as palavras do Inimigo.

A escolha é individual, entretanto, tanto a escolha do homem quanto a da mulher geraram consequências para toda a família.

Saiba como ser a diferença na sua família

Na história, os dois escolheram errado. A culpa não é apenas de um, mas nenhum dos dois assumiu a responsabilidade da escolha que fizeram.

Na Bíblia é possível ler que Adão responsabiliza Eva pela escolha que fez e Eva responsabiliza a serpente.

Nenhum deles teve a coragem de assumir que erraram porque escolheram errado.

Hoje, em muitos relacionamentos conjugais e dentro da família acontece a mesma situação.

Ocorre um problema e a culpa não é da pessoa, mas sim do outro. Não é porque o outro errou que a pessoa também deve errar.

O pecado de Eva não justifica o de Adão e vice- versa.

A história da primeira família criada por Deus serve para nos ensinar que cada membro da família deve se responsabilizar por suas escolhas.

Cada um, como conhecedor da Palavra de Deus deve buscar viver em obediência e cumprindo de forma correta o seu papel na família.

Não é necessário esperar do outro ou basear sua conduta na do outro. O caminho correto está traçado pelas Sagradas Escrituras.

Portanto, faça suas escolhas corretas e seja uma bênção para a sua família, independente de como está o seu lar.

Faça você a sua parte para viver em paz com todos da sua casa.

Ouça a mensagem “O poder da escolha na família” e permita que o Espírito Santo revele ao seu coração se você tem feito as escolhas corretas no seu lar:

 

Aprenda mais sobre “O poder da escolha na família”, participe dos Cultos da Família celebrados mensalmente, no último domingo.
Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

Salve a sua família

Salve a sua família é uma mensagem para incentiva-lo a zelar pela vida espiritual da sua família.

A partir do exemplo da prostituta Raabe, que encontra-se no livro de Josué. Aprenderemos a importância de nos esforçarmos para ver a salvação da nossa família.

Por meio da fita escarlate (tipifica o sangue de Jesus que nos dá a salvação) amarrada em sua janela, Raabe e sua casa foram salvos da destruição de Jericó.

Em primeiro lugar ela creu que o Deus de Israel era o único Deus, capaz de salvar e transformar.

Em segundo lugar ela clamou pela salvação de sua família e agiu para que isso acontecesse.

Diante da conduta dessa mulher podemos refletir: Como tenho desenvolvido a minha salvação?  E o que tenho feito para que toda a minha casa conheça e viva para o Senhor?

Saiba como fazer de Jesus o centro da sua família

Raabe, uma prostituta, conheceu a Deus e isso lhe concedeu duas importantes menções na Bíblia.

Ela apareceu na Genealogia de Jesus Cristo, como tetra avó de Davi. E na galeria dos heróis da fé é citada como exemplo de fé e perseverança.

Qual a sua proximidade com Jesus? Como está o seu relacionamento com o Ele que é a verdade e a Palavra?

Você tem se dedicado ao jejum, oração e estudo da Palavra? São essas disciplinas espirituais que lhe garantirá uma vida fixada e firmada na rocha, inabalável!

E a sua fé e perseverança em relação a sua família? O quanto você ora por seu cônjuge, filhos, pais e irmãos?

Deus pode realizar a obra de salvação, mas será que a incredulidade não dominou o seu coração a ponto de faze-lo desistir da sua família?

É necessário reexaminar o coração e verificar como estamos perante o conhecimento que temos de Deus e da Sua Palavra.

Refletir a respeito da nossa conduta em casa e para com Deus. Será que não temos side negligentes e temos sustentado uma aparência de espirituais para os outros?

Jesus reprovou a vida daqueles que se julgavam espirituais por orarem em voz alta e cumprirem cabalmente a lei, mas terem um coração impuro.

A sinceridade com nós mesmos e com Deus é fundamental para um relacionamento com Ele e com a nossa família.

Salve a sua família:
  • Orando
  • Jejuando
  • Estudando a Palavra
  • Dando bom testemunho dentro da sua casa
  • Participando dos cultos e eventos da igreja
  • Sendo sincero
  • E desafiando-se a cada dia ser um bom filho de Deus

 

Ouça a mensagem Salve a sua família e saiba como ser um instrumento de salvação e bênção no seu lar:
Conheça o nosso ministério, faça-nos uma visita! A CERV fica à Rua Érico Veríssimo, 1167- Santa Mônica. Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

A diferença que Jesus faz na família

O texto de João 2.1-11, nos fala que Jesus foi a uma festa de casamento.

Por meio deste evento, podemos aprender algumas lições que podem restaurar a sua vida e salvar o seu casamento:

1- Jesus é a pessoa mais importante a ser convidada para o casamento. Ele estava presente naquele casamento e salvou aquela família de um grande constrangimento.

A maior necessidade das famílias hoje é a presença de Jesus.

2- Precisamos discernir com rapidez quando a alegria está acabando. Maria percebeu que o vinho estava acabando e que alguma coisa deveria ser feita. O vinho é símbolo da alegria.

Muitos casamentos naufragam porque os cônjuges não discernem as crises no seu nascedouro. Deixam o tempo passar sem nenhuma atitude tomar.

Aprenda como batalhar pela sua família

3- Precisamos recorrer à pessoa certa na hora da crise. Maria buscou a Jesus.

O segredo da felicidade conjugal não é a ausência de problemas, mas ter sabedoria e pressa para levar os problemas a Jesus.

Contudo, muitos casais, ao entrarem em crise, cavam cisternas rotas onde não há água. Buscam ajuda em caminhos que só os fazem desviar mais da vereda da felicidade.

4- Precisamos obedecer e fazer o que Jesus manda. Ele mandou os serventes encherem de água as talhas.

Sempre que o casal se dispõe a obedecer prontamente a Palavra de Deus, o vinho da alegria começa a jorrar de novo dentro do lar.

5- Precisamos ser guiados pela fé e não pelos nossos sentimentos. Aqueles serventes creram e encheram de água as talhas.

O milagre da transformação acontece quando nos dispomos a crer, mesmo que a nossa razão não consiga explicar.

6- Quando Jesus intervém na família, o melhor sempre vem depois. O vinho que Jesus ofereceu era de melhor qualidade. Assim, os melhores dias do casamento não são os da lua de mel e sim os que se seguem à entrada de Jesus na família.

Quando Ele reina plenamente a vida conjugal se torna mais consistente, profunda e madura.

Saiba como proteger sua família do mal

7- Quando Jesus intervém na família, as pessoas glorificam a Deus e passam a crer nele. Não há milagre maior do que uma família transformada. Jesus é o mesmo hoje.

Ele pode restaurar também a alegria lá na sua casa e fazer florescer no seu coração a esperança de uma nova vida, de uma família cheia de verdor e felicidade!

Rev. Hernandes Dias Lopes

Aprenda sobre “A diferença que Jesus faz na família”. Participe do Culto da Família, celebrado hoje, às 19 horas, na CERV.
Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

Põe em ordem a sua casa

Aprenda com a mensagem “Põe em ordem a sua casa” como cuidar da sua família

Põe em ordem a sua casa. Foi essa a ordem que o Senhor deu ao rei Ezequias, por meio do profeta Isaías.

Como rei, Ezequias agia de maneira exemplar. Confiou no Senhor de todo o coração e eliminou todos altares idólatras e praticas abomináveis de Judá.

Ezequias tinha uma vida íntegra e reta, mas recebeu de Deus a Palavra: põe em ordem a sua casa.

Ao dar essa ordem podemos compreender que algo de errado estava acontecendo na família de Ezequias.

Aprenda a como batalhar pela sua família

Após receber essa ordem o rei soube que morreria. Foi então que chorou muitíssimo e pediu a Deus mais alguns anos.

Deus concedeu mais 15 anos a Ezequias e no transcorrer da história vamos ver que nesses anos acrescidos Ezequias não colocou  sua casa em ordem.

Seu primeiro erro foi receber o inimigo em sua casa (Babilônia) iludido por presentes e cartas expressando cuidados pela sua vida.

As portas da sua casa foram abertas para o inimigo. Dentro deste contexto reflita: o que você tem trazido para dentro da sua casa?

Para discernir o que entra na sua casa é necessário que você esteja muito, mas muito bem com o Senhor. Firmado na Palavra de Deus.

Perante esta atitude, o Senhor envia Isaías para transmitir a mensagem de que haveria paz no seu reinado, porém sua família pereceria nas mãos do inimigo.

Entretanto, o rei não compreendeu a Palavra de Deus, afirmando ser uma palavra boa.

Saiba qual o valor da mãe na família

A partir desta resposta é possível ver a indiferença e egoísmo do rei para com sua família, seus próprios filhos.

Homem, será que você tem sido indiferente para com o futuro da sua esposa e filhos, assim como o rei Ezequias?

De quê adianta ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma e ainda a sua família?

Ouça esta mensagem e permita que o Espírito Santo mostre ao seu coração que tipo de pai, mãe, filho você tem sido para a sua família:

Aprenda mais sobre a mensagem “Põe em ordem a sua casa”, participe dos nossos cultos neste mês da família. Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

Qual o plano de Deus para a minha família?

Qual o plano de Deus para a minha família? A resposta a essa pergunta será dada no próximo dia 27 de maio no II Seminário Legislativo, Direito e Religião.

Este seminário será realizado na CERV e terá seu inicio às 8 horas da manhã e encerramento ás 21 horas.

Além de saber qual o plano de Deus para a sua família você também aprenderá sobre:

A família de hoje, a ideologia de gênero, a escola sem partido e as novas decisões sobre direito e família

Palestrarão sobre estes temas o Dep. Estadual Léo Portela, a advogada Mirna Alcântara e os pastores George Foster e Antônio Vianna.

Conheça nossos preletores 

O investimento para participar deste evento é de apenas R$ 20,00 reais (incluso almoço e café da tarde). O pagamento deve ser efetuado no ato da inscrição. O credenciamento iniciará às 8 horas da manhã.

Para se inscrever compareça pessoalmente a CERV, que fica à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica. Na terça e sexta, ás 19h30 e sábado e domingo, às 19 horas. Procure Adiretora do Seminário Teológico Restaurando Vidas (STRV), Kátia Brito.

Não perca tempo, pois as inscrições serão encerradas no próximo domingo, 21 de maio, às 22 horas.

Saiba como cuidar da sua família

Para mais informações sobre o congresso ligue: (31) 3504-1341 (fale com Kátia Brito) ou envie um e-mail para: seminarioteologico@restaurandovidascerv.com.br

Qual o plano de Deus para a minha família? Para ter sua pergunta respondida, além do Seminário, participe do Culto da Família celebrado no último domingo de cada mês, às 19 horas, na CERV!

 

O valor incomparável de uma mãe

De todas as missões concedidas ao ser humano na história, nenhuma transcende à maternidade. O grande estadista americano, Abraham Lincoln, diz que as mãos que embalam o berço governam o mundo.

Peter Marshall, capelão do senado americano, diz que as mães são as guardas das fontes, aquelas que promovem o bem mesmo permanecendo, tantas vezes, nas sombras do anonimato.

Saiba como ser grato não apenas no Dia das Mães

Ser mãe é gerar um outro ser dentro do seu próprio ser. É misturar sua vida com outra vida diferente, mas umbilicalmente atada ao seu corpo.

É entregar-se sem reservas a quem se nutre no ventre, no seio, nos braços. É correr risco para que o fruto do seu amor seja protegido e guardado do mal.

É celebrar com os filhos as suas mais risonhas vitórias e chorar com eles as suas mais amargas tristezas.

A Bíblia faz referência a muitas mães que deixaram um abençoado legado a ser seguido.

Joquebede não desistiu de Moisés, mesmo estando ele sentenciado à morte antes de nascer. Deus a honrou e esse filho tirado das águas foi o libertador do seu povo.

Ana orou e chorou por Samuel, antes dele ser concebido e consagrou-o a Deus depois de nascido, para vir a ser o maior profeta, sacerdote e juiz de sua geração.

Eunice educou Timóteo nas Sagradas Escrituras, dando-lhe o leite da piedade desde sua mais tenra idade.

Este jovem veio a ser um grande cooperador do apóstolo Paulo, o maior bandeirante do Cristianismo.

Leia mais sobre a missão especial das mães

Mais do que de bens materiais, de sucesso profissional, de conquistas de títulos e honras deste mundo, as famílias precisam de mães que não abram mão de sua trincheira, a trincheira da oração e do jejum pelos filhos.

Quando as mães se prostram diante de Deus, os filhos são levantados por Ele como instrumentos de transformação da sociedade.

A mãe cristã é aquela que intercede pelos filhos com fervor, acompanha-os com amor, orienta-os com sabedoria e disciplina-os com firmeza.

Oh, que as mães sejam sempre mestras do bem, guerreiras de oração, missionárias incansáveis dentro de sua família!

Rev. Hernandes Dias Lopes

Aprenda mais sobre “O valor incomparável de uma mãe”, participe do culto de Louvor e Adoração ao Espírito Santo, ao domingos, às 19 horas, na CERV.
Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br 

 

Participe do II Seminário, Legislativo, Direito e Religião

As inscrições estão abertas e encerram-se dia 21 de maio

O 2º Seminário Legislativo, Direito e Religião, organizado pelo Seminário Teológico Restaurando Vidas (STRV) tratará de temáticas fundamentais que envolvem a família.

Dentre os assuntos que serão abordados estão: a ideologia de gênero, a escola sem partido, as novas decisões sobre direito e família, o plano de Deus para a família e a família de hoje.

Palestrarão a respeito destes temas o Dep. Estadual Léo portela, a advogada Mirna Alcântara e os pastores George Foster e Antônio Vianna.

O valor para participar do seminário é de R$20,00 reais (incluso o almoço e café da tarde) e deve ser pago no ato da inscrição. As inscrições encerram-se às 22 horas do dia 21 de maio. 

O seminário será realizado no dia 27 de maio, das 8 às 21 horas, na Comunidade Evangélica Restaurando Vidas (CERV), que fica à Rua Érico Verísismo, 1167 – Santa Mônica. O credenciamento inicia-se ás 8 horas.

A seguir, conheça os palestrantes do seminário:

Dep. Léo Portela – Leonardo Morreale Diniz Portela  é advogado e administrador, mestre em Direito, professor universitário e pastor. Desde fevereiro de 2015 é deputado estadual de Minas Gerais. Atua na defesa da família e na luta contra as drogas.

 

 


Mirna Alcântara – Bacharel em direito pela Faculdades Integradas do Oeste de Minas (Fadom). E especialista em Direito Processual pela PUC- Minas.

 

 


Pr .George Foster –  Trabalhou por 25 anos com a Missão Evangélica Betânia no Brasil junto com sua esposa Dolly. Atualmente é pastor internacional dos missionários de Bethany Fellowship Missions. Possui vários títulos publicados pela Editora Betânia, tais como: “O poder restaurador do perdão”, “De todo o meu coração”, “Você tem valor”, dentre outros.

 


Pr. Antônio Viana –  Há 16 anos exerce o pastorado e foi o pastor presidente e fundador da Comunidade Evangélica Palavra Viva em Paraobeba (MG). Atualmente é pastor da Igreja Batista da Lagoinha  em Belo Horizonte e líder do Culto Jeová Rafá.

 

Não perca esta oportunidade de ser edificado e abençoar a sua família!
 Mais informações ligue: (31) 99309-6957 (Tim/Whatsapp) /  3504-1341 (fale com Kátia Brito)

Página 1 de 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén