Tag: dia das mães

Mães sábias

Possivelmente, na 1ª viagem missionária de Paulo, durante sua estadia na cidade de Listra, a família de Lóide tenha se convertido.

Já em sua segunda viagem missionária, quando o apóstolo regressa àquela cidade, leva consigo o jovem Timóteo. Paulo investiu em Timóteo, preparando-o para ser líder e continuar sua missão naquela geração.

E em sua última carta, encorajou o jovem a perseverar e prosseguir na jornada até o fim.

Paulo escreveu dizendo que orava por Timóteo dia e noite, trazendo à memória sua fé não fingida, que habitara primeiro em sua avó Lóide e em sua mãe Eunice (2Tm 1.3-5).

Entenda o valor incomparável de uma mãe

Eunice era uma jovem judia, que se casara com um grego. A Bíblia não nos fala a respeito de seu esposo. Não sabemos como era o seu relacionamento com ele, mas podemos perceber a sua influencia dentro do lar ao observarmos que Timóteo não era circuncidado.

Eunice e Lóide tornam-se símbolos cristãos na educação dos filhos.

Contudo, sobre a vida desse jovem, prevaleceram as orações e a firmeza da fé de Eunice. Conforme podemos inferir pelos escritos de Paulo (2Tm 3.14,15).

Certamente, a fé de Eunice e sua mãe marcou o apóstolo. Afinal, dentre tantas judias que ele conhecera, foi a elas que destinou seus elogios. Eunice e Lóide tornam-se símbolos cristãos na educação dos filhos.

Timóteo crescera “respirando Bíblia”. Sua mãe e avó presentearam-lhe com a semente da Palavra de Deus, que brotou em sua vida e fez dele um continuador da obra de Paulo.

Na família, em geral, é a mulher que passa mais tempo em casa, o que lhe propicia o maravilhoso privilégio de ministrar e ensinar a Palavra de Deus aos filhos.

A mãe de Wesley, por exemplo, teve dezenove filhos e os levou a decorar textos bíblicos e as letras dos hinos que cantavam na igreja, desde pequeninos.

Aprenda mais sobre a importância da maternidade

Dois de seus filhos tornaram-se grandemente usados pelo Senhor como avivalistas. Estes foram John Wesley, que evangelizou milhares, pregando a Palavra com poder e Charles Wesley, que compôs inúmeros hinos avivados.

Isso somente é possível quando mães se colocam verdadeiramente na posição de mulheres sábias e prudentes. Você tem tirado tempo para meditar na Palavra de Deus e para ensiná-la aos seus filhos?

 

Texto adaptado da Pra. Ângela Valadão, portal lagoinha.com

Aprenda mais sobre ‘Mães sábias’ participe hoje do culto, às 19 horas, na CERV (R. Érico Veríssimo, 1167- Santa Mônica – BH/MG).

O valor incomparável de uma mãe

De todas as missões concedidas ao ser humano na história, nenhuma transcende à maternidade. O grande estadista americano, Abraham Lincoln, diz que as mãos que embalam o berço governam o mundo.

Peter Marshall, capelão do senado americano, diz que as mães são as guardas das fontes, aquelas que promovem o bem mesmo permanecendo, tantas vezes, nas sombras do anonimato.

Saiba como ser grato não apenas no Dia das Mães

Ser mãe é gerar um outro ser dentro do seu próprio ser. É misturar sua vida com outra vida diferente, mas umbilicalmente atada ao seu corpo.

É entregar-se sem reservas a quem se nutre no ventre, no seio, nos braços. É correr risco para que o fruto do seu amor seja protegido e guardado do mal.

É celebrar com os filhos as suas mais risonhas vitórias e chorar com eles as suas mais amargas tristezas.

A Bíblia faz referência a muitas mães que deixaram um abençoado legado a ser seguido.

Joquebede não desistiu de Moisés, mesmo estando ele sentenciado à morte antes de nascer. Deus a honrou e esse filho tirado das águas foi o libertador do seu povo.

Ana orou e chorou por Samuel, antes dele ser concebido e consagrou-o a Deus depois de nascido, para vir a ser o maior profeta, sacerdote e juiz de sua geração.

Eunice educou Timóteo nas Sagradas Escrituras, dando-lhe o leite da piedade desde sua mais tenra idade.

Este jovem veio a ser um grande cooperador do apóstolo Paulo, o maior bandeirante do Cristianismo.

Leia mais sobre a missão especial das mães

Mais do que de bens materiais, de sucesso profissional, de conquistas de títulos e honras deste mundo, as famílias precisam de mães que não abram mão de sua trincheira, a trincheira da oração e do jejum pelos filhos.

Quando as mães se prostram diante de Deus, os filhos são levantados por Ele como instrumentos de transformação da sociedade.

A mãe cristã é aquela que intercede pelos filhos com fervor, acompanha-os com amor, orienta-os com sabedoria e disciplina-os com firmeza.

Oh, que as mães sejam sempre mestras do bem, guerreiras de oração, missionárias incansáveis dentro de sua família!

Rev. Hernandes Dias Lopes

Aprenda mais sobre “O valor incomparável de uma mãe”, participe do culto de Louvor e Adoração ao Espírito Santo, ao domingos, às 19 horas, na CERV.
Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br 

 

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén