Tag: coração

Campanha: “Senhor, dá-me um coração novo”

A Campanha: “Senhor, dá-me um coração novo” inicia-se hoje e se encerrará no dia 31 deste mês

A partir de hoje os membros da CERV estão engajados na campanha: “Senhor dá-me um coração novo”.

O propósito dessa campanha é clamar a Deus por um novo coração, transformado, regenerado pelas mãos de Deus, como está descrito em Ezequiel 36.26:

 Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e lhes darei um coração de carne

Neste período todos devem orar por 1 hora, jejuar e estudar um capítulo por dia da carta aos Hebreus. E aos sábados, participar das reuniões que acontecem às 19 horas, no templo.

Saiba qual o coração que toca o coração de Deus

É a oportunidade de conquistar um coração transformado pelo poder de Deus e que agrada totalmente ao Senhor.

Participe e seja perseverante na conquista do seu novo coração!

Comunicação CERV

A CERV fica à Rua Érico Veríssimo, 1167- Santa Mônica.
Mais informações ligue: (31) 3451- 5956 / 99309-6957 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

O coração que toca Deus

O coração que toca Deus é o coração restaurado por Jesus Cristo. Por meio do nascimento, morte e ressurreição de Jesus temos livre acesso ao coração do Pai.

Em Jesus os pecados são perdoados e a barreira que existia entre o homem e Deus (Is 53.2) é eliminada.

Sem impedimentos agora temos acesso livre para tocar o coração de Deus. E nada alegra mais ao nosso Pai do que poder ouvir a nossa voz e principalmente olhar para o nosso coração e encontrar sinceridade nas palavras que saem dele.

A Bíblia diz que nossa busca tem que ser de TODO o coração. A dedicação tem que ser total e verdadeira.

“E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. (Jr 29.13)

Como o coração é importante para o Senhor! O coração que toca Deus é esse tipo de coração, que se entrega e se derrama na presença dele. E é isso que faz com que Ele mova a sua mão em nossa direção e realize em nós a mudança, concedendo-nos a vitória que precisamos.

Davi tinha um relacionamento íntimo e sincero com Deus. Quando lemos os Salmos  davídicos é como se entrássemos no quarto de oração do rei. Ele diz tudo para o Senhor, não esconde nada, não escolhe as palavras mais bonitas, mas fala o que realmente está em seu coração.

Saiba como conhecer a Deus

A partir da sua intimidade com o Senhor ele compreendeu que o que agrada ao Pai não são os inúmeros sacrifícios, mas sim um coração quebrantado.

“Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás.” (Sl 51.17)

O Senhor não despreza um coração todo dedicado e derramado diante Dele, pois esse é o momento em que o homem demonstra sua total dependência e confiança em Deus.

Então, a partir desse quebrantamento, o Senhor se aproxima com sua mão poderosa e toca onde precisa de cura, libertação e restauração. Ele faz grandes coisas aos filhos que Dele dependem e creem que Ele é poderoso para reescrever histórias e mudar vidas.

“O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido.” (Sl 34.18).

A forma como você busca ao Senhor faz toda a diferença. Não adianta orar para dizer que ora ou cumprir uma obrigação. Deus vê o seu coração, Ele bem sabe se as suas palavras são sinceras e se saem do seu coração.

Quer ver a mão de Deus se mover em sua direção? Então quebrante o seu coração na presença Dele. Se for preciso chorar, chore; e se for preciso humilhar, humilhe-se.

O buscando dessa forma, você verá, no tempo certo e perfeito, a mão do Todo Poderoso estendida sobre a sua vida. Atendendo aos pedidos e aos desejos do seu coração.

Aprenda sobre a perseverança na oração

Kátia Brito

Saiba mais sobre “O coração que toca Deus” participando do Culto da Restauração, toda terça, às 19:30, na CERV.
Mais informações: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

Cristo: a viva esperança

Cristo: a viva esperança! Sim, aquele que estava morto e foi ressuscitado ao terceiro dia. O plano de Deus para resgatar o homem encontrou sua plena realização.

Para muitos a morte de Cristo significou o fim da esperança, de um novo tempo. Entretanto a ressurreição aconteceu para mostrar o contrário.

Os discípulos que caminharam com Jesus por três anos haviam perdido a esperança, muitos voltaram a velha vida.

Porém, ao reverem a Cristo foi reacendido em seus coração a esperança. E com essa esperança  e após o batismo com o Espírito Santo. Eles começaram a pregar a respeito dessa esperança

E foi para isso que Jesus ressuscitou: para conceder a humanidade a esperança que o mundo não pode dar.

Apesar de muitas pessoas saberem dessa verdade, ainda possuem um coração desesperançoso. Mesmo aquelas que um dia foram ressuscitados em Cristo, permitem essa desesperança ocupar seus corações.

E, hoje, muitos têm abandonado Cristo, a viva esperança por motivos muitas das vezes banais. Desvalorizando, assim, essa entrega de Jesus na cruz para resgate da humanidade.

Há aqueles ainda que afirmam caminhar com Cristo, entretanto já não concedem espaço para Jesus, deixando-O em último plano.

Cristo, a viva esperança ressuscitou, Ele vive! E será que você tem valorizado a morte e ressurreição de Cristo?

Leia a respeito da crucificação de Cristo

Ele tem sido a razão do seu viver? Ou você facilmente tem trocado a presença do Senhor por pessoas e coisas que te afastam Dele?

Será que você está precisando que Cristo ressuscite a sua vida espiritual? Seu casamento? Sua família?

Cristo, a viva esperança te chama para estar com Ele, para viver para Ele e para transmitir essa esperança para todo o mundo.

Sem Cristo, não há esperança, mas como Ele a vitória sobre o mal, as dores, a morte é possível!

Ouça a mensagem Cristo: a viva esperança e permita que o Espírito Santo ressuscite a esperança em seu coração:
Conheça o nosso ministério, faça-nos uma visita! Estamos localizados à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica. Mais informações, ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br 

Amigo de Deus

A Bíblia relata em João 1.12 que Cristo veio para os seus, mas os seus não o receberam. O propósito da vinda de Jesus Cristo era de restabelecer a aliança do povo para com Deus. Entretanto, os judeus rejeitaram o Salvador.

Deus demonstrou seu amor para com as pessoas que não eram merecedoras desse amor, mas ainda assim Ele amou.

E não muito diferente da época que Jesus veio a terra, hoje, muitos declaram amá-Lo e que desejam amá-Lo mais, entretanto perante circunstância e problemas logo deixam de amar a Jesus.

Porém, é possível verificar que ao contrário das pessoas que declaram amar a Deus, mas não amam. Há aquelas que verdadeiramente dedicaram um amor fiel para com o Pai.

Um exemplo de amigo de Deus que a Bíblia nos relata é Abraão. Ele foi chamado amigo de Deus, pois escolheu caminhar e investir tempo no seu relacionamento com o Senhor.

Outro exemplo bíblico é o de David. Um jovem pastor de ovelhas e depois um grande rei que amava a Deus, louvava ao Senhor, se dedicava de coração ao seu relacionamento com o Senhor.

E você? Se enquadra em qual tipo de pessoa: a que diz amar a Deus mas demonstra o contrário com palavras e atitudes ou aquelas que amam e desenvolvem um relacionamento sincero e amoroso com o Senhor?

Ouça está mensagem e permita que o Espírito Santo revele que tipo de pessoa você tem sido para com Deus:
Conheça o nosso ministério, faça-nos uma visita! Estamos localizados à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica. Mais informações, ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br 

Reuniões da campanha encerram-se hoje

Lembre-se de levar seu coração de papel com seus pedidos para receber a última unção

As reuniões da campanha: “Senhor dá-me um coração novo”, encerram-se neste sábado, 25 de março,  às 19 horas, na igreja.

Os irmãos devem estar no horário marcado, no templo da igreja, e  levar seus pedidos de oração. Pois será realizada a última unção.

Além do seus pedidos de oração, leve também um coração aberto para receber a Palavra de Deus e a ministração dos louvores.

Creia que o Senhor preparou uma unção gloriosa para este dia. Tome posse de que até o término desta campanha você terá um coração novo, em nome de Jesus!

É importante ressaltar que a campanha encerra-se oficialmente no dia 31 de março. Hoje apenas as reuniões no templo que estão sendo encerradas.

Ore para que tudo aconteça debaixo do poder e autoridade do nosso Deus, pois Ele é poderoso e fiel para realizar o impossível na sua vida!

Arrebatado serei

Arrebatado serei! Você tem essa esperança e expectativa no Senhor de ser arrebatado? Você verdadeiramente aguarda com grande expectativa encontrar com o Senhor Jesus nas nuvens?

Se você é filho de Deus, convertido a Jesus Cristo, no seu coração deve habitar essa esperança!

Se a história da igreja pudesse ser dividida em capítulos estaríamos hoje no capítulo seis. Esse capítulo seria o tempo da Graça que se iniciou na cruz do calvário por meio da morte de Cristo.

Mas não muito longe, em breve, estaremos no capítulo sete que é marcado por dois importantes eventos: o arrebatamento e a volta do Senhor Jesus Cristo!

Diante desse conhecimento, como está o seu coração? Esperançoso para reencontrar Jesus. Será que com a vida que você tem levando hoje, você será arrebatado ou ficará para trás?

Ouça esta mensagem e permita que o Espírito Santo toque o seu coração! Que você tenha essa viva esperança e um coração pronto para reencontrar o seu Senhor!
Conheça o nosso ministério, faça-nos uma visita! Estamos localizados à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica. Mais informações, ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br 

Menos pose mais coração

Todos nós nos ajeitamos um pouco na hora de tirar fotos. Uma pose, um sorriso e pronto: momento registrado. Seja o culto, a festa ou almoço a foto servirá para nos lembrar de tal momento. No entanto, por mais que a fotografia nos lembre do evento, nunca nos dirá como realmente foi o acontecido.  Já vi fotos de festas onde pessoas posaram com um sorriso e roupas bonitas, quando a celebração mais parecia um velório. Nesta época de redes sociais, como o facebook, vemos pessoas posarem para fotografias em lugares lindos, onde tudo parece maravilhoso. Porém, infelizmente, tudo pode não passar de mera glamourização e distorção do real.

Enquanto muitos se fotografam num palácio, o coração pode ser na verdade a imagem de um casebre. Relatam riqueza quando a realidade é miséria. Mostram sorrisos quando o interior está em lágrimas. Não se engane com multidões, beleza ou glamour, pois uma foto só mostra a aparência e não o coração. O Senhor Jesus, certa vez, ao se referir a um grupo de religiosos disse: “Este povo me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim” (Mt 15.8). Diante dessa colocação podemos ver que é possível passar uma imagem a outros que não condiz exatamente com a realidade. Muitas pessoas posam não apenas nas fotos, mas na vida. Tentam esconder suas fraquezas e seus erros e não percebem que, enquanto sofrem debaixo de seus mistérios, o relógio da vida está passando há muito tempo.

Peço ao Senhor que nos livre de parecer mais do que realmente somos. Desejo que Ele possa não apenas nos fazer sorrir para um momento, mas tocar de forma eterna nossos corações. Que possamos ser radicalmente sinceros e nos entregarmos a Deus a ponto que o Senhor transforme toda mentira cativa em verdade dentro de nós. Oro a Deus para que Ele possa mudar mais corações do que rostos e assim nossas fotos serão não apenas imagens, mas retratos fiéis do que aconteceu dentro de nós. Clamo ao Senhor que haja menos pose e mais coração!

Texto adaptado de Drummond Lacerda, site ventonofogo.com

Saiba mais sobre o coração lendo o texto “Dá-me um coração igual ao Teu”

Este mês nossa igreja está aprendendo a respeito de um novo coração. Se você deseja conquistar um novo coração, venha nos fazer uma visita!

Nossa igreja fica à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica. Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

Dá-me um CORAÇÃO igual ao Teu

Na Bíblia temos muitas orações que foram realizadas por homens e mulheres de Deus. E essas orações, tocaram o coração de Deus.

E como é importante que também façamos essas orações. Tomemos a oração de Davi no livro de Salmos 51.10:

“Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto”.

Davi passava por um momento de tribulação em sua vida. Ele suplicava pela oportunidade de novamente experimentar a graça da comunhão com o Senhor e de viver algo glorioso em Sua presença.

Não existe nada neste mundo mais corrupto que o coração do homem (Jr 17.9). Jesus Cristo disse que do coração do homem procedem os maus desígnios (Mc 7.21-23).

Quando me refiro ao coração, não falo do órgão que está no peito. O que quero dizer é que o coração é o centro da nossa alma.

Por isso, peça ao Senhor que crie em você um novo e puro coração. Clame pela renovação do seu interior com um espírito inabalável.

Num sentido figurativo, é como se pedisse ao Senhor para arrancar o seu coração corrupto e colocar o próprio coração Dele em você. Assim, situações como desemprego, pressões do dia a dia, conflitos familiares e tantas outras coisas não o abalarão (Sl 91.7).

Quando seus olhos estão firmados em Deus, quando você tem confiança na Palavra do Senhor e pauta sua vida nos ensinamentos contidos nela, sua caminhada é completamente diferente.

Você se torna inabalável. Não que você se tornará insensível. Em alguns momentos chorará e em outros sorrirá, mas com a certeza de que sua fé, que está no Senhor, jamais será abalada, bem como o amor que Ele tem por você.

Lembre-se: nada pode separar você do amor de Deus que está em Jesus Cristo nosso Senhor (Rm 8.38,39).

E, se durante a sua caminhada, você perdeu a alegria da salvação ou o primeiro amor por Jesus, você pode chegar diante do Senhor, como Davi, e clamar por um novo coração e pela restituição da alegria da salvação!

 Texto adaptado do e-book Retratos do Coração, do Pr. Márcio Valadão

Retratos de um novo coração

De acordo com a Bíblia, o coração não é simplesmente um órgão que pulsa no nosso peito, mas o centro da nossa própria vida. Dentro de nós existe uma fonte impura. Dela procedem “os maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias” (Mt 15.19).

Por isso, precisamos ter o coração firme nas promessas do Senhor, nas misericórdias do Pai, na bondade e na fidelidade de Deus. Afinal, as Escrituras nos falam de algo maravilhoso, o coração novo, verdadeiramente convertido ao Senhor:

“Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne” (Ez 36.26).

É a vida do Senhor na nossa vida! Assim, quando este é o desejo mais sincero do homem, Deus pode manifestar o Seu poder e mover o coração imóvel de pedra, transformando-o num coração de carne. Deus o muda de uma forma gloriosa! E o transforma:

Num coração quebrantado e contrito (Sl 51.17) – mais sensível à Palavra de Deus. Ainda que inúmeras coisas possam acontecer e tentar distraí-lo, ele não se perde, pois seu foco está no Senhor.

Num coração limpo e santo – que está sempre dizendo: “Purifica-me, Senhor”, que sempre procura se acertar diante de Deus, disposto a perdoar e pedir perdão.

Num coração reto e íntegro (Sl 119.80) – marcado pela justiça e por um caráter sem curvas ou desvios.

Num coração firme e confiante – sabedor da fidelidade de Deus, de convicções inabaláveis: “Eu sei em quem tenho crido”.

Num coração sábio (Pv 16.21) – haja vista que a sabedoria não está no cérebro, mas no coração. Razão pela qual existem pessoas analfabetas e sábias; outras, a despeito da sua inteligência, incapazes de compreenderem o significado da salvação por meio de Jesus Cristo.

Num coração misericordioso (Mt 5.7) – pronto a dividir a graça, o amor, a misericórdia, o carinho.

Num coração alegre – cuja alegria pode ser refletida na aparência física: “O coração alegre aformoseia o rosto”.

Num coração manso e humilde – demonstrado pelas atitudes e disposto a viver a simplicidade, a submissão e a bondade.

Esses são alguns retratos do novo coração que precisa pulsar em nós. Portanto, clamemos ao Senhor, humilhemo-nos diante Dele, permitamos o trabalhar do Seu Santo Espírito em nossas vidas!

 Texto adaptado do e-book Retratos do Coração, do Pr. Márcio Valadão

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén