Tag: celebração

15 anos servindo a Jesus

15 anos servindo a Jesus. Essa é a história da Comunidade Evangélica Restaurando Vidas (CERV) que ao longo desses anos já salvou, libertou e restaurou centenas de vidas.

 

Por isso, para celebrar essa data com muita alegria e gratidão, foram preparados três dias de festa com Palavra, louvor e adoração a Jesus.

 

 

O tema do aniversário da igreja foi Gratidão ao Senhor e  para compartilhar a Palavra de Deus, a partir dessa temática, foram convidados os pastores Vanderci dos Santos e Antônio Viana as missionárias Joyce Palomino e Cínthya Martinez.

 

 

Na sexta, o pastor Vanderci ministrou sobre A escolha de ser grato (a) e o texto base foi o de 1 Tessalonicenses 5.12-24. Dentre os assuntos abordados estavam: gratidão aos lideres, gratidão aos irmãos, gratidão pela igreja e crescimento espiritual em gratidão.

 

Faça a escolha de ser uma pessoa em constante crescimento, de buscar a Deus a cada dia!  Pr. Vanderci

 

 Mensagem: A escolha de ser grato (a)

 

Já no sábado, a missionária Joyce trouxe uma reflexão a partir de 1 Tessalonicenses 5.16, por meio da mensagem Gratidão é compartilhar as bênçãos.

 

Inicialmente, a irmã pediu a igreja que lembrasse das bênçãos recebidas do Senhor.

 

Membros da comunidade celebrando os 15 anos da CERV

 

Após essas lembranças ela ressaltou que muitos irmãos têm recebido bênçãos, entretanto, não a compartilham com os outros. 

 

E, isso, nada mais é que ausência de gratidão a Deus! Por isso, Joyce ressaltou, é fundamental repensar o verdadeiro significado de ser grato.

 

Portanto, ser grato não é apenas desfrutar de uma vida boa, mas compartilha-la com os irmãos que necessitam.

 

Veja mais fotos do aniversário da CERV

 

Em toda a pregação, a missionária destacou que feliz é o que dá, grato é o que dá, pois quem não age dessa forma, demonstra ingratidão.

 

Que o seu coração seja tão grato a ponto de agir em favor da obra do Senhor. Joyce Palomino

 

 Mensagem: Gratidão é compartilhar as bênçãos

 

 

Para encerrar esse tempo de festa e gratidão ao Senhor, o pastor Antônio Viana pregou sobre a vida de Maria, a mulher que ungiu os pés de Jesus.

 

 

A partir do texto de Marcos 14.3-9, o pastor ministrou a mensagem Aprendendo lições de gratidão com Maria.

A seguir, veja as lições que Maria ensina a igreja e reflita se, assim como ela você tem sido grato (a) Jesus:
1 – Maria fez  o que pôde;
2 –  MARIA FEZ O SEU MELHOR;
3-  MARIA DEU O QUE TINHA DE MAIS VALOR;
4 – MARIA FEZ APESAR DAS CRÍTICAS;
5 – MARIA FEZ SÓ PARA AGRADAR A JESUS;
6- MARIA FEZ A PESSOA CERTA;
7-  MARIA FEZ NO TEMPO CERTO;
8- MARIA FEZ COM REFLEXO PARA A ETERNIDADE.

 

 

O pastor Antônio terminou sua mensagem convidando os irmãos a imitarem as atitudes de Maria, pois elas demonstram verdadeira gratidão ao Senhor e acrescentou:

 

Amados, sei que essa igreja pertence ao Senhor, por isso, amem essa igreja, amem a pastora Graça! Pr. Antônio Viana

 

Mensagem: Aprendendo lições de gratidão com Maria

 

 

Presente da Mocidade

A festa de 15 anos da CERV foi encerrada com a entrega de um quadro com o texto Quinze anos, um só Deus e uma igreja restaurada escrito pelos jovens da Mocidade e uma oração de gratidão.

 

Logo em seguida foi cantado o tradicional “parabéns”, com direito a bolo e vela de aniversário e muitos aplausos ao Senhor Jesus!

 

Louvo ao Senhor porque Ele é que tem sustentado a CERV ao longo desses 15 anos. Quero agradecer a minha família e a cada ovelha que tem andado ombro a ombro comigo, servindo ao Senhor e o amando de todo o coração! Que Deus nos conceda mais anos na Sua presença, para adorá-lo e servi-lo com excelência! Pra. Graça Pitzer.

 

A Comunidade Evangélica Restaurando Vidas louva a Jesus por mais este aniversário e agradece pela vida da pastora Graça Pitzer, que incansavelmente tem dedicado sua vida a Jesus e as ovelhas com amor e fé inabalável!

 

Mais informações sobre a CERV ligue: (31)3451-5956 ou envie um email para: contato@restaurandovidascerv.com.br

 

Comunicação CERV

Parabéns, tia Quita

A manhã deste domingo foi de festa na Comunidade Evangélica Restaurando Vidas, pois celebrou-se os 80 anos da obreira Quita

Comunidade reunida para celebração dos 80 anos da tia Quita

A manhã de hoje foi especial na CERV! Após a Escola Bíblica Dominical, todos se reuniram no templo para celebrar o aniversário da obreira Quita, carinhosamente chamada por todos de “Tia Quita”.

Crianças, adolescentes, jovens, mulheres e homens, cada grupo prestou uma homenagem especial.

Além desses grupos a missionária Nágila Araújo fez um especial cantando o louvor “Quem me vê cantando”.

E, finalizando as homenagens, a pastora Graça Pitzer fez a leitura do texto “Preciosas mãos”, em nome da Comunidade, dela e da sua família.

Emocionada, tia Quita agradeceu aos irmãos todas as palavras e presentes recebidos:

“Se antes eu já orava por vocês agora tenho que orar o dobro! Muito obrigada, eu não mereço tudo isso, Jesus é que merece”, disse tia Quita.

A manhã encerrou-se com uma oração especial pela aniversariante!

Parabéns, tia Quita! Toda a CERV agradece ao Senhor pela sua vida!

A seguir, leia o texto escrito especialmente para a amada irmã tia Quita:

Preciosas mãos

A homenageada da manhã: Tia Quita

Seria possível contar nos dedos das mãos o tempo que ela caminha entre nós?

Duas mãos não conseguiriam, mas podem nos contar muito sobre seus 80 anos de vida.

Elas contam um pouco da sua história, que também é parte da nossa.

Afinal, há 13 anos suas mãos servem conosco.

Seja cozinhando as mais variadas receitas ou na arte de preparar o sabão que traz brilho aos utensílios de nossas cozinhas.

Elas trabalham em benefício do Reino e desta igreja.

Diariamente suas mãos nos afagam de um jeito especial.

Estendidas nos tocam com amor, pois constantemente intercedem por nós perante o Salvador.

Ora servem de instrumento para um telefonema.

Seja no aniversário, para se alegrar conosco; seja para partilhar uma bênção ou, por zelo, porque soube que uma luta nos sobreveio.

Não para dizer palavras vãs e sim declarar: “Eu oro por você todos os dias, meu filho ou minha filha.”

De braços abertos recebe quem a visita e, porque não dizer, também com a mesa posta.

Afinal, ela pensa em tudo e ninguém pode sair da sua casa sem provar do que prepara com tanto amor.

E por falar em preparar… Ah se os missionários soubessem o tempo que suas mãos trabalham.

Elas não se cansam porque sabem que em setembro enviarão refrigério para aqueles que vivem a pregar o Evangelho.

Deus conhece bem estas mãos e a dona delas que há 35 anos caminha com Ele.

Sabe dos sonhos, de cada oração, de cada riso e de cada lágrima.

Está tudo registrado em suas mãos e nos odres das suas orações.

Ele sabe a hora certa de respondê-la. E quantas orações respondidas, hein Tia Quita?

Precisaríamos de 80 anos ou mais para contar os benefícios que Ele te faz.

Mas Ele também abençoou esta Comunidade ao colocá-la aqui para servir conosco até a eternidade.

E eu? O que mais eu poderia dizer? Afinal, são 35 anos que a conheço.

Ovelha fiel, tia e amiga. Quão grata sou pelo terno amor que tem pela minha família.

Sempre nos cobrindo com suas orações e, desde a infância dos meninos, os amando como verdadeiros sobrinhos.

Em muitas lutas e vitórias esteve presente.

Seu exemplo de dedicação ao Reino alegra o meu coração, pois aprendeu a importância de amar Missões.

Hoje, como Comunidade e também como sua pastora, quero honrá-la com a nossa gratidão.

Tê-la conosco é uma bênção! Ouvir seus testemunhos e ver seu esforço para participar dos cultos, da Escola Dominical e de tantas outras programações, é um vívido exemplo de amor ao Senhor.

Obrigada por ser nossa irmã e nossa querida tia Quita!

Que Deus a conceda muitos anos de vida e saúde para servir e caminhar conosco ombro a ombro, sempre na visão que o Espírito Santo tem dado à CERV!

Parabéns, tia Quita!

Amamos muito a senhora!

Veja as fotos desta manhã especial

Comunicação CERV

Conheça a nossa Comunidade, estamos localizados à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica- BH/MG.
Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para contato@restaurandovidascerv.com.br

Deus desceu até nós, isso é Natal!

O nascimento de Jesus foi o acontecimento mais extraordinário da história. Foi planejado na eternidade e anunciado na história. A própria história da humanidade foi uma preparação para esse dia glorioso. A vinda de Jesus ao mundo foi proclamada a nossos pais no Éden. Os patriarcas falaram desse dia. Os profetas descreveram esse dia. O tabernáculo e o templo de Jerusalém apontavam para esse dia. Os sacrifícios e as festas judaicas eram sombras daquele que nasceria nesse dia. Jesus nasceu na plenitude dos tempos. Deus preparou o mundo para a chegada de seu Filho. Através dos gregos, Deus deu ao mundo uma língua universal. Através dos romanos, Deus deu ao mundo uma lei universal. Através dos judeus, Deus deu ao mundo uma revelação sobrenatural. Quando tudo estava pronto, Deus desceu!

O Natal fala da encarnação do Verbo eterno, pessoal e divino. O Natal anuncia que o criador do universo entrou na história e vestiu pele humana. O Natal fala desse glorioso mistério que a mente mais brilhante não pode alcançar: Deus se fez homem, o Rei dos reis se fez servo. O eterno entrou no tempo. O infinito nasceu de uma virgem. Aquele que nem o céu dos céus pode contê-lo foi enfaixado em panos e deitado numa manjedoura.

Ele veio para nos revelar Deus. Ele é a exata expressão do ser de Deus.

O Natal traz à lume esse mistério dos mistérios. Jesus sendo Deus esvaziou-se e tornou-se homem sem deixar de ser Deus. Mesmo assumindo um corpo humano, nele residiu toda a plenitude da divindade. Ele veio para nos revelar Deus. Ele é a exata expressão do ser de Deus. Nele está todo o resplendor da glória divina. O Verbo habitou entre nós cheio de graça e de verdade. Quem vê a Jesus vê o próprio Deus, pois ele e o Pai são um.

Veio não para brandir a espada da condenação, mas oferecer-nos o presente da salvação.

O Natal é a sublime mensagem de que Deus enviou seu Filho Unigênito e o Filho voluntariamente veio, no poder do Espírito Santo, para dar sua vida em resgate do seu povo. Jesus nasceu não num palácio, cercado de glória e poder, mas numa estrebaria humilde, pois entrou no mundo como o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Veio para estabelecer seu reino de graça em nossos corações e preparar-nos para o seu reino de glória. Veio não para brandir a espada da condenação, mas oferecer-nos o presente da salvação.

Quando Deus desceu até nós, os anjos celebraram no céu e os homens se alegraram na terra. Houve glória a Deus no céu e paz na terra entre os homens. O Natal precisa celebrado, pois é uma boa notícia de grande alegria! O Salvador do mundo, o Messias esperado e o Senhor dos senhores veio até nós, como nosso Redentor. Ele é a porta do céu. Ele é o novo e vivo caminho para Deus. Ele o único Mediador entre Deus e os homens. Só em seu nome há salvação. Por meio dele temos livre a acesso à graça e exultamos na esperança da glória.

Porque Deus nos amou de tal maneira que nos deu seu próprio Filho Unigênito, para que nele pudéssemos ter a vida eterna (Jo 3.16).

É tempo de recristianizarmos o Natal e devolvê-lo a seu verdadeiro dono. É tempo de celebrarmos Cristo e não a nós mesmos. É tempo de nos prostrarmos diante dele para adorá-lo, como o fizeram os magos do Oriente e não fazermos festa para nós mesmos. É tempo de nos alegrarmos com grande e intenso júbilo, porque Deus nos amou de tal maneira que nos deu seu próprio Filho Unigênito, para que nele pudéssemos ter a vida eterna. Eis o conteúdo do Natal! Eis o propósito do Natal! Eis a glória do Natal! Deus desceu até nós para nos tirar do império das trevas e da escravidão do pecado. Deus desceu até nós para nos adotar como seus filhos. Deus desceu até nós para nos dar vida e vida em abundância!

Voltar para o manancial de águas vivas

Foi o clamor feito, ontem, pelo Espírito Santo de Deus a igreja, no culto da Santa Ceia

O pastor Rafael Pitzer iniciou a sua pregação afirmando: “Você é acusado de dois crimes”. Esses crimes a que ele se referia se encontra no livro de Jeremias, capítulo 2, verso 13:

“Porque dois males cometeu o meu povo: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm água”.

manancial-aguas-vivas

Por meio da leitura do dos 13 primeiros versículos do 2º capítulo de Jeremias, a igreja ouviu sobre a lembrança de Deus, do período no qual os israelitas andavam com Ele e o amavam.

E logo em seguida, usa o seu profeta para mostrar a infidelidade do seu povo, que o abandonou para satisfazer as suas vontades.

Trazendo para o contexto de hoje, o pastor apresentou as semelhanças dos israelitas com muitos que se dizem filhos de Deus.

Conhecem o Senhor, experimentam da salvação, libertação e milagres e depois o abandonam para viver a vida como desejam.

Ao final da ministração da Palavra, a igreja foi convidada a refletir sobre sua vida com Deus. Se estão cavando cisternas rotas ou se estão com uma vida na qual flui o manancial de águas vivas.  Houve arrependimento e muitas pessoas se reconciliaram com o Senhor, optando por mudar de atitude e ter uma nova vida em Cristo.

Após a pregação foi celebrada a Santa Ceia do Senhor Jesus, momento solene e de glória. Ele se fez presente renovando, restaurando e curando vidas.

A próxima Santa Ceia será realizada no dia 11 de dezembro, às 19 horas, na nossa igreja.

 A CERV fica à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica. Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

Aprenda mais a respeito de Jeremias cápitulo 2, por meio do estudo “O clamor de Deus”.

 

Mês das crianças é encerrado com festa especial

Cerca de 60 crianças estiveram presentes e participaram de uma tarde abençoada com a missionária Emirtes

Mês das criançasO encerramento do mês das crianças na CERV foi marcado pela alegria. Cerca de 60 crianças, além dos pais e acompanhantes, participaram de uma festa especial com a presença da missionária Emirtes Marquardt e do seu esposo Marcos Marquardt.

A celebração iniciou-se com a responsável pela programação do Mês das Crianças, a obreira Maria Antônia, que orou e cantou uma canção com as crianças. Logo em seguida o comando da festa ficou sob responsabilidade da missionária Emirtes.

A missionária ministrou ao coração dos pequeninos várias canções, tais como: mês das crianças“Pare”, “Toc-Toc- Toc”, “Menino Torto”, “Zaqueu anão”, “Quem é salvo”, dentre outras.

Após esse momento de louvor e descontração, as crianças puderam ouvir uma história a respeito de duas crianças, uma com um coração sujo, repleto de pecados e outra feliz e alegre por ter um coração cheio da Palavra de Deus.

mês das criançasPara concluir a história foi ensinado para a meninada o versículo que se encontra em Salmos 37.5: “Entrega o teu caminho ao Senhor confia Nele e ele o fará”.

A tarde das crianças teve seu fechamento com duas brincadeiras: perguntas bíblicas e conte uma história. Os vencedores das duas atividades foram presenteados com brindes repletos de guloseimas.

Antes de retornar para casa todos ganharam um lanche e também um presente com vários doces, mês das criançasbalas, pipoca, salgadinho, tudo que a criançada gosta de comer.

A tarde foi encerrada com uma oração e a certeza de que pequenos corações saíram, da nossa igreja, abençoados pela Palavra de Deus.

O mês das crianças se encerrou, mas o ministério para crianças da CERV continua aberto e pronto para receber e abençoar as crianças.

Aos domingos pela manhã, às 9 horas, temos a Escola Bíblica Dominical com classe para as crianças e no culto da noite, às 19 horas, berçário para crianças de 10 meses a 4 anos e infância para meninos(as) de 5 a 9 anos. Traga seu filho, parente ou vizinho, será uma bênção tê-los conosco!

Nossa igreja fica à Rua Érico Veríssimo, 1167 – Santa Mônica (BH/MG). Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br .

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén