Tag: casamento

Amar a Deus: a base do casamento

Ouça a mensagem Amar a Deus: a base do casamento e tenha seu casamento transformado e edificado

Todo problema que acontece entre o casal, no matrimônio, ocorre pela ausência de algo fundamental no relacionamento: amar a Deus sobre todas as coisas.

Para compreender a importância de amar a Deus para o casamento vejamos o que Deus ordena em sua Palavra:

“Estes são os mandamentos, os decretos e os estatutos que o Senhor, seu Deus, me encarregou de lhes ensinar. Não deixem de cumpri-los na terra que em breve vocês possuirão.

Vocês, seus filhos e netos temerão o Senhor, seu Deus, enquanto viverem. Se obedecerem a todos os seus decretos e mandamentos, desfrutarão de vida longa.

Ouça com atenção, Israel, e tenha o cuidado de obedecer. Então tudo irá bem com vocês e terão muitos filhos na terra que produz leite e mel com fartura, exatamente como lhes prometeu o Senhor, o Deus de seus antepassados.

 “Ouça, ó Israel! O Senhor, nosso Deus, o Senhor é único!

Ame o Senhor, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua força.

Guarde sempre no coração as palavras que hoje eu lhe dou.

Repita-as com frequência a seus filhos. Converse a respeito delas quando estiver em casa e quando estiver caminhando, quando se deitar e quando se levantar.

Amarre-as às mãos e prenda-as à testa como lembrança.

Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões” (Dt 6.1-9)

O versículo cinco declara que os filhos de Deus devem amá-lo com todo seu coração, alma e força. Entretanto, não é isso que pode ser visto ao observar-se os problemas enfrentados no casamento.

A falta de amor a Deus acelera o processo do fim do casamento

Quando a pessoa escolhe não amar a Deus ela se torna egoísta. E o egoísta jamais amará a Deus. Mesmo que fale, suas atitudes demonstram o contrário.

E essa atitude prova que a Palavra de Deus não está guardada no mais profundo do coração da pessoa.

Triângulo perfeito: homem e mulher buscando Deus resultará em um casamento abençoado

Essa falta da presença de Deus no relacionamento é que resulta em graves problemas causando a dissolução do matrimônio.

Se Deus é que rege esse casamento, ainda que haja dificuldades, no Senhor conseguirão solucionar a situação.

Quando o casal não ama a Deus, não dando lugar no coração para a Palavra, surgem sentimentos malignos, tais como: desamor, falta de respeito, vingança, infidelidade, pirraça, ódio, dentre outros sentimentos terríveis.

E isso oferece a Satanás a oportunidade que Ele precisa para dominar e interferir na relação conjugal.

Saiba como salvar a sua família

Se não é Deus e nem as Suas Palavras que têm ocupado o coração e a mente do casal, com certeza são outras coisas.

Aí podem ser citadas: festas, amizades com pessoas que não temem ao Senhor, programas televisivos que não enriquecem a comunhão com Deus e um com o outro, e etc.

Logo, quem exerce influência e domínio no casamento é Satanás, não O Senhor.

Portanto é necessário que o casal mude começando por morrer para si mesmo e escolher a amar a Deus e a obedecê-lo.

Observe o que o apóstolo Paulo escreve ao marido e a esposa:

“Esposas, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor.

Pois o marido é o cabeça da esposa, como Cristo é o cabeça da igreja. Ele é o Salvador de seu corpo, a igreja.

Assim como a igreja se sujeita a Cristo, também vocês, esposas, devem se sujeitar em tudo a seu marido.

Maridos, ame cada um a sua esposa, como Cristo amou a igreja. Ele entregou a vida por ela,

a fim de torná-la santa, purificando-a ao lavá-la com água por meio da palavra” (Ef 5.22-26).

A mulher deve ser submissa ao marido, mas não ser feita de escrava, pelo contrário, ela é auxiliadora, não empregada.

Homem de verdade faz as mesmas atividades que a esposa dentro de casa.

E deve amar a esposa com o mesmo amor de Cristo.

Se cada um buscar com dedicação ser esse homem e essa mulher será um caminho excelente para o sucesso no casamento.

E que cada um possa, nessa busca de ser homem e a mulher que ama e agrada a Deus, zele pelo seu coração.

“Sobretudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” (Pv 4.23)

Aprenda a valorizar seu casamento

Não permita que o Inimigo semeie o mal e contendas um contra o outro, pois é isso que Satanás deseja.

“Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor;
planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.
Então me invocareis, e ireis e orareis a mim, e eu vos ouvirei.
Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.
E serei achado de vós, diz o Senhor” (Jr 29.11-14a)

Como casal, volte-se para o Senhor e abandone as coisas deste mundo e os seus deleites enganosos.

Foque seu coração em buscar o Reino de Deus, pois todas as demais coisas virá como acréscimo da parte do Senhor.

Não se esqueça:

Amar a Deus: a base do casamento

Construa seu casamento numa base sólida e essa base é Deus e a Sua Palavra!

Ouça a mensagem ‘Amar a Deus: a base do casamento’:
Parte1

 

Parte 2

 

 

Comunicação CERV

A diferença que Jesus faz na família

O texto de João 2.1-11, nos fala que Jesus foi a uma festa de casamento.

Por meio deste evento, podemos aprender algumas lições que podem restaurar a sua vida e salvar o seu casamento:

1- Jesus é a pessoa mais importante a ser convidada para o casamento. Ele estava presente naquele casamento e salvou aquela família de um grande constrangimento.

A maior necessidade das famílias hoje é a presença de Jesus.

2- Precisamos discernir com rapidez quando a alegria está acabando. Maria percebeu que o vinho estava acabando e que alguma coisa deveria ser feita. O vinho é símbolo da alegria.

Muitos casamentos naufragam porque os cônjuges não discernem as crises no seu nascedouro. Deixam o tempo passar sem nenhuma atitude tomar.

Aprenda como batalhar pela sua família

3- Precisamos recorrer à pessoa certa na hora da crise. Maria buscou a Jesus.

O segredo da felicidade conjugal não é a ausência de problemas, mas ter sabedoria e pressa para levar os problemas a Jesus.

Contudo, muitos casais, ao entrarem em crise, cavam cisternas rotas onde não há água. Buscam ajuda em caminhos que só os fazem desviar mais da vereda da felicidade.

4- Precisamos obedecer e fazer o que Jesus manda. Ele mandou os serventes encherem de água as talhas.

Sempre que o casal se dispõe a obedecer prontamente a Palavra de Deus, o vinho da alegria começa a jorrar de novo dentro do lar.

5- Precisamos ser guiados pela fé e não pelos nossos sentimentos. Aqueles serventes creram e encheram de água as talhas.

O milagre da transformação acontece quando nos dispomos a crer, mesmo que a nossa razão não consiga explicar.

6- Quando Jesus intervém na família, o melhor sempre vem depois. O vinho que Jesus ofereceu era de melhor qualidade. Assim, os melhores dias do casamento não são os da lua de mel e sim os que se seguem à entrada de Jesus na família.

Quando Ele reina plenamente a vida conjugal se torna mais consistente, profunda e madura.

Saiba como proteger sua família do mal

7- Quando Jesus intervém na família, as pessoas glorificam a Deus e passam a crer nele. Não há milagre maior do que uma família transformada. Jesus é o mesmo hoje.

Ele pode restaurar também a alegria lá na sua casa e fazer florescer no seu coração a esperança de uma nova vida, de uma família cheia de verdor e felicidade!

Rev. Hernandes Dias Lopes

Aprenda sobre “A diferença que Jesus faz na família”. Participe do Culto da Família, celebrado hoje, às 19 horas, na CERV.
Mais informações ligue: (31) 3451-5956 ou envie um e-mail para: contato@restaurandovidascerv.com.br

Participe do II Seminário, Legislativo, Direito e Religião

As inscrições estão abertas e encerram-se dia 21 de maio

O 2º Seminário Legislativo, Direito e Religião, organizado pelo Seminário Teológico Restaurando Vidas (STRV) tratará de temáticas fundamentais que envolvem a família.

Dentre os assuntos que serão abordados estão: a ideologia de gênero, a escola sem partido, as novas decisões sobre direito e família, o plano de Deus para a família e a família de hoje.

Palestrarão a respeito destes temas o Dep. Estadual Léo portela, a advogada Mirna Alcântara e os pastores George Foster e Antônio Vianna.

O valor para participar do seminário é de R$20,00 reais (incluso o almoço e café da tarde) e deve ser pago no ato da inscrição. As inscrições encerram-se às 22 horas do dia 21 de maio. 

O seminário será realizado no dia 27 de maio, das 8 às 21 horas, na Comunidade Evangélica Restaurando Vidas (CERV), que fica à Rua Érico Verísismo, 1167 – Santa Mônica. O credenciamento inicia-se ás 8 horas.

A seguir, conheça os palestrantes do seminário:

Dep. Léo Portela – Leonardo Morreale Diniz Portela  é advogado e administrador, mestre em Direito, professor universitário e pastor. Desde fevereiro de 2015 é deputado estadual de Minas Gerais. Atua na defesa da família e na luta contra as drogas.

 

 


Mirna Alcântara – Bacharel em direito pela Faculdades Integradas do Oeste de Minas (Fadom). E especialista em Direito Processual pela PUC- Minas.

 

 


Pr .George Foster –  Trabalhou por 25 anos com a Missão Evangélica Betânia no Brasil junto com sua esposa Dolly. Atualmente é pastor internacional dos missionários de Bethany Fellowship Missions. Possui vários títulos publicados pela Editora Betânia, tais como: “O poder restaurador do perdão”, “De todo o meu coração”, “Você tem valor”, dentre outros.

 


Pr. Antônio Viana –  Há 16 anos exerce o pastorado e foi o pastor presidente e fundador da Comunidade Evangélica Palavra Viva em Paraobeba (MG). Atualmente é pastor da Igreja Batista da Lagoinha  em Belo Horizonte e líder do Culto Jeová Rafá.

 

Não perca esta oportunidade de ser edificado e abençoar a sua família!
 Mais informações ligue: (31) 99309-6957 (Tim/Whatsapp) /  3504-1341 (fale com Kátia Brito)

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén